LeBron diz que presença de Popovich pode pesar para jogar próxima Olimpíada

Esportes

LeBron diz que presença de Popovich pode pesar para jogar próxima Olimpíada

Redação Folha Vitória

Cleveland - Após ficar fora da Olimpíada do Rio, realizada no ano passado, LeBron James declarou neste sábado que contempla a possibilidade de participar dos Jogos de 2020, em Tóquio, agora que Greg Popovich se tornou o técnico da seleção norte-americana de basquete.

LeBron ganhou duas medalhas de ouro olímpicas pelos Estados Unidos, em 2008 e 2012, mas não fez parte do time que foi campeão no Rio-2016 para descansar depois de conduzir o Cleveland Cavaliers ao título da NBA. Neste sábado, o astro afirmou que a presença de Popovich "é um fator importante" para decidir o seu futuro na seleção. Em 2020, ele terá 35 anos.

O astro do Cavaliers respondeu ao questionamento sobre Popovich, o treinador do San Antonio Spurs, antes de eles se encontrarem para o confronto entre as suas equipes pela rodada da NBA. LeBron afirmou que "Pop" é o melhor técnico da NBA e o classificou como "um mestre do basquete".

Popovich substitui na seleção a Mike Krzyzewski, mais conhecido como Coach K, que conquistou três medalhas de ouro olímpicas consecutivas pelos Estados Unidos. Em 2004, ele foi auxiliar da equipe que levou o bronze nos Jogos de Atenas - LeBron fazia parte do elenco.