Lille, David Neres e Jesé são destaques em último dia 'frio' de janela

Esportes

Lille, David Neres e Jesé são destaques em último dia 'frio' de janela

Redação Folha Vitória

Londres - Os grandes clubes europeus participaram muito pouco, quase nada, do último dia da janela de inverno de transferências nos principais mercados europeus. Na Espanha, por exemplo, Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid não se reforçaram durante todo o mês.

Assim, clubes pequenos foram os protagonistas deste último dia. Mesmo assim, com poucas contratações de impacto. Quem mais se movimentou foi o Lille, vendido a um empresário hispano-luxemburguês na semana passada. O time francês fechou sete contratações, com destaque para os atacantes Ricardo Kishna, da Lazio, e Anwar El Ghazi, do Ajax. Ambos são holandeses e crias do clube de Amsterdã.

O Lille também foi responsável pela contratação de um jogador brasileiro, o zagueiro Gabriel, de apenas 19 anos, que pertencia ao Avaí e está jogando o Sul-Americano Sub-20. Outro jogador da seleção júnior do Brasil que foi negociado nesta terça-feira é David Neres. O Ajax pegou o dinheiro da venda de El Ghazi e investiu 12 milhões de euros o garoto do São Paulo.

A transferência de Neres foi uma das mais caras deste último dia da janela. Destaque também para a ida do atacante Gabbiadini do Milan para o Southampton, por 14 milhões de libras. Na Inglaterra, o Burnley também pôs a mão no bolso, pagando 10,5 milhões de libras por Robbie Brady, irlandês que estava no Norwich. É a maior compra da história do clube. Nada comparado, porém, aos 20 milhões de libras que o Changchun Yatai, da China, pagou Watford pelo atacante nigeriano Ighalo.

Na Espanha, destaque para o Las Palmas, que acertou a contratação de Jesé Rodríguez, por quem o PSG havia pagado 25 milhões de euros em agosto. Sem espaço em Paris, o atacante, formado no Real Madrid, pediu para ser emprestado ao clube do coração - ele é de Las Palmas. O Valencia, em crise, fechou com Fabián Orellana, chileno que estava afastado no Celta. Já o Osasuna ficou com Sirigu, goleiro emprestado pelo PSG.