Primeiro evento do Centro Olímpico de Tênis pós Rio-2016 será de vôlei de praia

Esportes

Primeiro evento do Centro Olímpico de Tênis pós Rio-2016 será de vôlei de praia

Redação Folha Vitória

Rio - Mais de quatro meses depois do encerramento dos Jogos Paralímpicos, o Centro Olímpico de Tênis finalmente voltará a ser utilizado. Nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou que realizará lá, no domingo da semana que vem, 5 de fevereiro, duas partidas de vôlei de praia.

O evento será chamado "Gigantes da Praia" e terá, como jogo de fundo, um duelo entre Alison e Bruno Schmidt, brasileiros que ganharam a medalha de ouro no Rio-2016, nas areias de Copacabana, contra os norte-americanos Dalhausser e Lucena. O duelo faz parte da programação de verão do programa Esporte Espetacular, da Rede Globo.

Na preliminar, a medalhista de prata Ágatha vai jogar com sua parceira Duda contra as jovens Ana Patrícia e Rebecca. Vale lembrar que logo após os Jogos do Rio, Ágatha e Bárbara Seixas encerraram a parceria.

De acordo com a CBV, uma lona impermeável será colocada sobre o piso, para não danificá-lo, uma vez que o local receber cerca de 210 toneladas de arena.

O Centro Olímpico de Tênis, como demais estruturas do Parque Olímpico da Barra, foi assumido em dezembro pelo Ministério do Esporte. Apesar de ter sido a casa do tênis no Rio-2016, não há previsão de outros eventos de tênis lá - o Rio Open mais uma vez será no Jockey Club. A estrutura do centro, porém, permite que ele sirva para outras modalidades.

Em Roma, por exemplo, o Foro Itálico recebe tanto o Masters 1000 de tênis quanto etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Até a Liga Mundial de Vôlei já foi lá. A diferença é que em Roma não há a praia de Copacabana como concorrente para os eventos na areia, nem o Maracanãzinho como concorrente para o vôlei.