• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Federação Internacional de Bobsled pune russos flagrados no doping até 2020

Esportes

Federação Internacional de Bobsled pune russos flagrados no doping até 2020

Quatro atletas russos de bobsled foram suspensos do esporte, nesta quarta-feira, até dezembro de 2020 por ter sido flagrados em exame antidoping antes dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, realizados na cidade de Sochi, na Rússia.

Entre os quatro punidos estão Alexander Zubkov, que carregou a bandeira da Rússia na cerimônia de abertura dos Jogos de Sochi/2014 e ganhou duas medalhas de ouro, das quais já foi despojado.

Todos os atletas foram banidos por dois anos pela Federação International de Bobsled e de Skeleton, que aceitaram uma decisão anterior da Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), após acusação de eles faziam parte de um esquema de estado para trocar amostras de urina contaminadas de esteroides por limpas.

As sanções os impedem de qualquer papel no esporte, que no caso de Zubkov incluiria o seu como presidente da Federação Russa de Bobsled. No entanto, em novembro, ele ganhou uma decisão de um tribunal de Moscou dizendo que o veredicto anterior do CAS não se aplicava na Rússia. O Comitê Olímpico Internacional (COI) ainda está exigindo que Zubkov devolva as suas medalhas.

Os outros russos banidos são Alexander Kasyanov, Aleksei Pushkarev e Ilvir Khuzin. Destes, Pushkarev e Kasyanov competiram sem grande sucesso nesta temporada na Copa do Mundo de bobsled. Outros dois casos de atletas ainda estão em análise, incluindo o de Alexei Voevoda.