Gallo deixa coordenação da base do Brasil e será sucedido por Erasmo Damiani

Esportes

Gallo deixa coordenação da base do Brasil e será sucedido por Erasmo Damiani

Redação Folha Vitória

Rio - Depois do fracasso no recente Sul-Americano Sub-20, no Paraguai, no qual a seleção brasileira obteve apenas o quarto lugar, o então coordenador das divisões de base da CBF, Alexandre Gallo, foi afastado do cargo. Erasmo Damiani, do Palmeiras, vai ser seu substituto. Gallo, porém, seguirá como técnico da Sub-20 e da seleção olímpica.

A CBF ainda não confirmou a mudança. A posição oficial da entidade é que "o coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, está reformando as seleções de base, fazendo contratações, que serão divulgadas no momento oportuno".

Damiani começou sua carreira no America-RJ, como preparador físico. Tem passagens por Figueirense e Atlético-PR e é muito bem visto no Palmeiras, onde comandou uma grande reestruturação na base do clube.

As mudanças na base da CBF também atingem outros profissionais. O auxiliar-técnico de Gallo, Maurício Copertino, e o preparador físico Eliott Paes também saem da entidade, assim como toda a comissão técnica da seleção Sub-15.

Recentemente, o presidente da CBF, José Maria Marin, fez críticas públicas a Gallo e ao desempenho da seleção Sub-20 no Sul-Americano. Disse que ficou "muito insatisfeito" com a quarta colocação e que queria ouvir explicações de Gallo.

Marin não quis, porém, demiti-lo porque seu mandato acaba em abril e que caberia a Marco Polo Del Nero, o novo presidente, tomar a decisão. Em entrevista à reportagem, antes do Sul-Americano, Del Nero havia elogiado o trabalho de Alexandre Gallo.