• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nova gestão expõe condição de abandono de Caio Martins e Marechal Hermes

Esportes

Nova gestão expõe condição de abandono de Caio Martins e Marechal Hermes

Rio - Na noite desta terça-feira, o site oficial do Botafogo divulgou imagens do atual estado do Estádio Caio Martins e do Centro de Treinamento Marechal Hermes. A situação encontrada pela nova gestão não é nada animadora e foi definida como de "total abandono e descaso" da última administração. A nota ainda ironiza, interpretando o estado como "Herança da base".

O Caio Martins se encontra em condição deplorável e o atual diretor das categorias de base, Manoel Renha, em entrevista ao site oficial do clube, afirmou que "o estado é até perigoso para os treinamentos dos atletas." Segundo ele, as dificuldades financeiras do Botafogo impedem uma ação imediata em todo o complexo.

Por isso, o gramado do estádio será o setor priorizado e a previsão é de que o campo esteja em condições dentro de dois a três meses. "Em 2009, última vez que estive no Caio Martins, o time profissional realizou treinos com um gramado em excelentes condições. É uma pena que não tenha sido dada a devida atenção e cuidado.", lamentou Renha.

A outra sede do clube, Marechal Hermes, antes destinada à formação de atletas, também se encontra abandonada. Observando as fotos divulgadas pelo clube, percebe-se que o futebol é impraticável no campo da rua Xavier Curado. O que se vê são apenas traves instaladas e um campo abandonado, com mato alto e entulhos espalhados.

Até o fim da última administração, o Botafogo devia metade do valor cobrado pela demolidora para derrubar a antiga estrutura do Marechal Hermes, que por anos abrigou a Escola de Futebol Mané Garrincha. O lançamento da pedra fundamental do novo CT aconteceu no dia 20 de setembro de 2012, com previsão de entrega para dezembro de 2013. Mais de um ano após o prazo, observa-se que o local está longe das condições ideais para abrigar as categorias de base.

"Os prazos de melhoria serão de acordo com a disponibilidade financeira do clube", afirma Manoel Renha. Segundo ele, as atividades da categoria de base serão transferidas para o Caio Martins e para o Centro de Formação de Atletas Trops (Cefat), um complexo esportivo parceiro do clube localizado em Várzea das Moças, em Niterói.