Após garantir vaga na Libertadores, Huracán sofre acidente na Venezuela

Esportes

Após garantir vaga na Libertadores, Huracán sofre acidente na Venezuela

Redação Folha Vitória

Caracas - Os jogadores e comissão técnica do Huracán viveram emoções bem distintas nas últimas 24 horas. Na noite de terça-feira buscaram uma improvável vaga na fase de grupos da Libertadores com um gol nos acréscimos diante do Caracas, mesmo com um homem a menos. Já nesta quarta, sofreram um grande susto com um acidente automobilístico quando iam rumo ao aeroporto para deixar a Venezuela.

Segundo alguns relatos dos presentes, o ônibus que levava a delegação perdeu o controle em uma subida e acabou capotando. Fotos do local mostram o veículo tombado, com os jogadores e membros da comissão técnica do lado de fora, ainda assustados com o acidente.

Os jogadores Diego Mendoza e Patricio Toranzo, assim como o preparador físico Pablo Santella, foram encaminhados a um hospital para exames, mas apenas por precaução. Eles teriam sofrido ferimentos leves. Ainda assim, a delegação argentina permanecerá um dia a mais em Caracas e só deverá deixar a Venezuela nesta quinta.

Na terça, o Huracán garantiu vaga dramática na fase de grupos da Libertadores. Depois de vencer por 1 a 0 o jogo de ida, perdia para o Caracas por 2 a 0 até os 46 minutos do segundo tempo, quando, mesmo com um homem a menos, marcou o gol que lhe deu a vaga na chave 4, que conta também o colombiano Atlético Nacional, o uruguaio Peñarol e o peruano Sporting Cristal.