Edgardo Bauza descarta colocar Calleri como titular do São Paulo na quarta-feira

Esportes

Edgardo Bauza descarta colocar Calleri como titular do São Paulo na quarta-feira

Redação Folha Vitória

São Paulo - Três gols em dois jogos e em 130 minutos em campo pelo São Paulo. O argentino Calleri começou a passagem pelo clube de forma positiva e apesar de ter se destacado neste sábado, na vitória por 4 a 0 sobre o Água Santa, pelo Campeonato Paulista, ele não deve ser titular no jogo seguinte. O técnico argentino Edgardo Bauza afirmou que deve manter Alan Kardec no time contra o Cesar Vallejo, do Peru, pela Copa Libertadores.

Na goleada no Pacaembu, Calleri fez os dois primeiros gols, ambos de cabeça, e ainda deu passe para Michel Bastos fechar a goleada. Na quarta-feira passada, o argentino entrou no segundo tempo e marcou o gol de empate contra o Cesar Vallejo, em Trujillo, logo na estreia pelo clube do Morumbi. "A equipe que vai jogar (na próxima quarta) deve ser a mesma que começou no Peru. Acredito que Calleri vai ficar no banco de suplentes. Como jogou os 90 minutos, tenho medo que possa sofrer alguma lesão", explicou Bauza após o jogo.

O atacante ex-Boca Juniors fica no São Paulo até junho, para depois se transferir para a Inter de Milão. "Não sei se vai jogar (na quarta-feira). Vamos ver a recuperação de todos, principalmente quem tem jogado em sequência. Vamos ver quem está melhor. Com Calleri é bom ter cuidado. Ele não tem o ritmo futebolístico ainda", disse o técnico. O argentino começou a treinar pelo clube há duas semanas, sem ter realizado a pré-temporada completa.

O técnico descartou definir se caso Calleri vire titular no futuro, no lugar de quem entraria no time. O treinador tem mantido a mesma formação e na quarta-feira passada colocou o atacante na vaga de Alan Kardec, que tem atuado como atacante centralizado. "Calleri não é um jogador técnico, mas de potência e bons movimentos na área. Vamos aproveitar esses atributos. Tudo depende da formação, se jogamos com dois atacantes ou um", afirmou.

Contra o Cesar Vallejo, o São Paulo pode empatar sem gols ou conquistar uma vitória simples que estará classificado para a fase de grupos na Libertadores. O confronto de ida terminou 1 a 1. "O confronto importante é na quarta, pela Libertadores. Vamos colocar toda a vontade e objetivo. Tomara que a torcida nos acompanhe", disse Bauza.