Leco condena críticas de assessor ao elenco do São Paulo após derrota no Pacaembu

Esportes

Leco condena críticas de assessor ao elenco do São Paulo após derrota no Pacaembu

Redação Folha Vitória

São Paulo - O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, pediu para fazer um pronunciamento nesta sexta-feira no CT da Barra Funda para explicar as declarações de um assessor de gabinete nas redes sociais com críticas a alguns jogadores do time após a derrota para o The Strongest, na quarta-feira. O dirigente afirmou que o episódio está superado, que já conversou com o funcionário e reiterou que as opiniões não refletem o seu pensamento sobre o elenco.

"Foi verdadeiramente um erro, um equívoco cometido pela cabeça quente de alguém que sendo um dirigente. E ele é uma pessoa correta e quer se redimir do erro que cometeu. Logicamente não reflete o pensamento da diretoria", afirmou o presidente. Leco acompanhou o treino do time nesta sexta-feira e contou ter conversado com o elenco para transmitir apoio e confiança depois da derrota por 1 a 0 pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

O assessor da presidência Rodrigo Gaspar usou o Twitter na noite de quarta-feira para atacar atletas do time como o meia Michel Bastos, o coordenador técnico Milton Cruz e o zagueiro Rodrigo Caio, a quem chamou de "jogador de condomínio". "Centurión é uma piada. Horroroso. A bola bate em suas pernas", escreveu. "Erva daninha deve ser cortada pela raiz. Michel Bastos e Milton Cruz fazem mal ao clube", comentou. Na tarde de quinta-feira, o autor das mensagens apagou o conteúdo.

Apesar do mal entendido, Leco afirmou ter apreço pelo assessor. "É uma pessoa correta em quem confio e quero aqui manifestar meu prestígio publicamente", disse. Gaspar tem funções administrativas no gabinete da presidência, em atividade não remunerada e de indicação política. O ataque veio logo ao fim do jogo contra a equipe boliviana, em derrota inesperada para o São Paulo. O episódio não deve colocar em risco o cargo do assessor no clube.

O presidente afirmou que aposta na recuperação da equipe depois da derrota para o The Strongest. "Tenho certeza que vamos superar esse mau momento que vivemos, que nem é tão grandioso, mas que precisa ficar para trás e precisamos retomar nosso caminho de vitórias", comentou. No próximo domingo o time tem compromisso pelo Campeonato Paulista, contra o Rio Claro, no estádio do Pacaembu.