• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novo presidente da Fifa promete à CBF mecanismo para compensar clubes brasileiros

Esportes

Novo presidente da Fifa promete à CBF mecanismo para compensar clubes brasileiros

Zurique - A CBF recebeu garantias do novo presidente da Fifa, Gianni Infantino, de que um sistema vai ser criado para proteger os jovens jogadores de futebol da América do Sul e evitar a fuga de centenas deles para o mercado europeu a cada ano. Além disso, o sistema vai compensar os clubes da região pela exportação de seus craques.

"Recebemos a confirmação de Infantino de que ele vai instaurar isso", disse o coronel Antonio Nunes nesta sexta-feira, após a eleição. O presidente interino da CBF embarcou hoje mesmo de volta para o Brasil.

Para o País e seus vizinhos da Conmebol, a prioridade na negociação de um apoio para o suíço era assegurar que ele criaria um sistema de "solidariedade" pelo qual clubes europeus reenviariam aos sul-americanos parte dos lucros com os jogadores da região, importados.

"Vamos agora negociar como vai ser isso", disse o coronel. Afirmando estar "muito satisfeito" com a eleição do novo presidente da Fifa, Nunes indicou que Infantino já planeja uma viagem ao Brasil. "Temos um aliado na Fifa", insistiu.

Gianni Infantino foi eleito nesta sexta-feira como novo presidente da Fifa. O sucessor de Joseph Blatter levou a melhor no segundo turno da votação ao somar 115 votos, superando seu maior rival, o xeque do Bahrein, Salman bin Ebrahim Al Khalifa, com 88. O príncipe jordaniano Ali bin Al Hussein teve apenas quatro votos, enquanto Jérôme Champagne não recebeu nenhum.