Odair lamenta desfalques e projeta jogo difícil para o Inter contra o Remo

Esportes

Odair lamenta desfalques e projeta jogo difícil para o Inter contra o Remo

Redação Folha Vitória

Belém - O Internacional encerrou nesta terça-feira a preparação para encarar o Remo, na quarta, no Mangueirão, pela segunda fase da Copa do Brasil. Na última atividade antes do confronto, o técnico Odair Hellmann comandou apenas um treino recreativo, mas não deve promover surpresas na escalação.

Ele não poderá contar com o goleiro Danilo Fernandes e o atacante Willian Pottker, ambos lesionados. Para estas vagas, deverá escalar Marcelo Lomba e Nico López, respectivamente. Mesmo exaltando os substitutos, Odair não escondeu a chateação por não ter estes dois titulares.

"São dois jogadores importantes, mas nós temos um grupo forte. Nesse grupo a gente encontra jogadores que vão atuar e têm condições de atuar muito bem. Quanto a isto estamos tranquilos. A dificuldade é que é um jogo só. Não tem situação do empate. Empate é pênalti. Então a gente tem que fazer um jogo equilibrado para que a gente consiga o objetivo, que é a classificação", considerou.

A tendência é que o Inter entre em campo para encarar o Remo com: Marcelo Lomba; Dudu, Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nico López, D'Alessandro e Patrick; Leandro Damião. Sem Pottker, Odair admitiu que o time gaúcho deverá ter atitude diferente em campo.

"Naturalmente, muda porque, com o Pottker, a gente estava conseguindo fazer um encaixe de um movimento de organização ofensiva. Com a saída dele, a gente perde esta movimentação. Tem que buscar outras soluções com a característica desse jogador que vai entrar. Mas futebol é assim, há perdas e você precisa estar preparado e construir a solução", afirmou.