Esportes

Em preparação para luta no Brasil, Robson Conceição diz que não escolhe rivais

O pugilista brasileiro Robson Conceição se prepara para a sua primeira luta como profissional no Brasil, no dia 31 de março, em Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro, contra o argentino Sergio Ariel Estrada. O campeão olímpico dos Jogos do Rio-2016 falou com exclusividade ao Blog do Baldini, no portal Estadão, e rebateu as críticas de que os seus adversários são fracos.

"Não escolho adversários. Meu técnico Luiz Dorea, meu empresário Luiz Fernando e a TopRank, que gerenciam a minha carreira, traçam o planejamento de lutas até o título mundial. Isso faz parte da carreira de qualquer lutador profissional de boxe. Estou pronto para todos e afirmo, serei campeão mundial! Não é meu sonho, é o meu objetivo!", comentou.

Robson Conceição afirmou que não tem preferência de fazer a luta de fundo, quando vai dividir a programação com o compatriota Esquiva Falcão. "Meu foco é lutar, me apresentar bem, dar o meu melhor no ringue. Não me preocupo muito com isso não, ser a luta principal", disse.

O pugilista não concordou quando perguntado se perdeu a preferência da Top Rank para Shakur Stevenson e Michael Conlan. "São dois grandes atletas e a TopRank presta a devida atenção a todos os seus atletas. Tem muita gente boa na TR e novas contratações estão surgindo, como o Tyson Fury recentemente. Não tem esse negócio de preferência não, é business!"

Robson Conceição afirmou que o próximo compromisso merece uma preparação especial. "Sempre busco lutar melhor, tirar o melhor de mim em cada luta. Sou muito exigente comigo mesmo, principalmente para a próxima luta marcada! Visando sempre a evolução. Aprendendo, ajustando, aprimorando e vencendo", completou.

Pontos moeda