Esportes

Preocupado com faltas duras, Palmeiras enfrenta a Ferroviária

O Palmeiras enfrenta a Ferroviária, às 17 horas deste domingo, em Araraquara, com uma atenção extra além da própria dificuldade do compromisso pelo Campeonato Paulista. O clube está preocupado com a sequência de faltas violentas contra os seus jogadores. Tratou, inclusive, de enviar à Federação Paulista de Futebol (FPF) uma representação para cobrar mais rigor dos árbitros.

Um dos possíveis motivos é o estilo de jogo. Segundo estatísticas divulgadas pelo clube e fornecidas pela plataforma Footstats, o Palmeiras é a equipe que mais dribla neste Campeonato Paulista. Até o fim da sexta rodada, foram 51 lances desse tipo. O jogador líder no quesito é o atacante Dudu, autor de 15 fintas.

"Somos um time que dribla. Temos jogadores leves e velozes na frente. Isso é normal de jogo. Quem tem de tomar os cuidados necessários é a arbitragem, para proteger os nossos jogadores e também os das outras equipes que fazem a mesma coisa", afirmou Dudu.

Na última segunda-feira, contra o Bragantino, o Palmeiras reclamou bastante das jogadas duras dos adversários. O meia Gustavo Scarpa machucou o tornozelo esquerdo após sofrer falta e deve ficar parado por três semanas. O atacante Borja levou uma pancada no joelho direito, que ficou inchado e o tirou de um dos treinos desta semana.

Neste Paulistão, o Palmeiras fez outra reclamação contra a arbitragem. Na vitória sobre o Oeste, em Barueri, o zagueiro Edu Dracena levou um chute na barriga. A diretoria também enviou uma reclamação formal para a Federação, gesto considerado pelo clube como necessário para expressar o seu descontentamento.

O temor do Palmeiras é ter uma outra perda para as próximas semanas, assim como foi com Scarpa. O time está perto de iniciar a disputa da Copa Libertadores. A estreia está marcada para o dia 6 de março, diante do Junior Barranquilla, na Colômbia.

Em relação ao time deste domingo, o técnico Luiz Felipe Scolari treinou nos últimos dias com o meia Zé Rafael no time titular. O reforço deve ser testado em Araraquara para se revezar no papel de armador com Lucas Lima. No ataque, Carlos Eduardo pode ganhar uma nova chance.

FERROVIÁRIA - Buscando terminar mais uma rodada na liderança do Grupo C, a Ferroviária vai para a partida contra o Palmeiras com a intenção de mexer o mínimo possível na equipe. Pelo menos foi o que prometeu o técnico Vinícius Munhoz após os treinos da semana.

"A ideia é não modificar. Queremos manter o equilíbrio que a Ferroviária tem mostrado nos diferentes momentos do jogo. Estudamos o Palmeiras e tentamos identificar os principais pontos fortes da equipe. É um adversário perigoso, que nos preocupa. Mas traçamos uma estratégia, que, se alcançada, nos trará pontos importantes para a competição", promete o treinador.

Vinícius Munhoz tem apenas uma dúvida. O volante PH cumpriu suspensão diante do São Bento, no empate sem gols em Sorocaba, e pode recuperar a vaga no time titular. Ele disputará posição com Anderson Uchoa. Os demais setores não devem sofrer alterações.

Pontos moeda