Após fazer 3, Cícero leva bola do jogo para casa: 'Feito que nem todos conseguem'

Esportes

Após fazer 3, Cícero leva bola do jogo para casa: 'Feito que nem todos conseguem'

Redação Folha Vitória

Londrina - Autor de três gols na noite desta quarta-feira, o meia Cícero levou a bola do jogo com o PSTC para casa. Tão logo o juiz Marcelo de Lima Henrique apitou o fim da partida em que o São Paulo garantiu a vaga na terceira fase da Copa do Brasil ao fazer 4 a 2 na equipe paranaense, ele pegou a bola e precisou driblar um funcionário do PSTC, que não queria deixá-lo ficar com a recordação.

"Eu disse para ele que fiz três gols e tinha direito de levar a bola. É um feito que nem todo mundo consegue", disse o jogador, com a bola debaixo do braço. Ele vai presentear o filho Enzo, de quatro anos.

O garoto, porém, provavelmente não viu os três gols do pai. No máximo, calcula Cícero, pôde vibrar com os dois primeiros. "Ele dorme às 9 horas (21h). Deve ter assistindo apenas o primeiro tempo", explicou o artilheiro da partida da noite desta quarta-feira em Londrina.

Essa foi a segunda vez na carreira que Cícero fez três gols em um jogo. A outra foi em 2006, quando atuava pelo Figueirense, de acordo com o próprio jogador. Mas ele reconheceu que o São Paulo precisa evoluir, principalmente no setor defensivo. "A gente tem de melhorar, mas agora é dar sequência para ter resultado positivo."