• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Classificado no Paulista, Santos joga por liderança de grupo contra Novorizontino

Esportes

Classificado no Paulista, Santos joga por liderança de grupo contra Novorizontino

Santos - O Santos precisa da vitória contra o Novorizontino nesta quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro, para garantir a liderança do Grupo D do Campeonato Paulista e assim obter a vantagem de decidir em casa o confronto das quartas de final, contra a Ponte Preta. A equipe de Campinas tem o mesmo número de pontos do time de Dorival Júnior (19) e ainda pode terminar a primeira fase como líder da chave. Para tanto, a Ponte precisa vencer o Palmeiras, em casa, e torcer por um tropeço santista na última rodada da competição.

O elenco do Santos enfrentou uma série de protestos. O técnico Dorival Júnior e os atletas foram pressionados. Integrantes de organizadas invadiram o CT do clube e, depois da derrota no clássico para o Palmeiras (de virada, em casa, por 2 a 1), os muros da Vila Belmiro foram pichados. As mensagens atacavam diretamente o lateral-esquerdo Zeca, um dos mais visados pelos torcedores, e as preferências religiosas de alguns atletas. Parte da torcida considerava que uma corrente de evangélicos teria formado uma "panela" e comandava o grupo de jogadores.

Mas as recentes vitórias no Estadual - contra o São Bento (2 a 0) e o Santo André (1 a 0), ambas fora de casa - aliviaram o ambiente na Vila Belmiro. Animado, o volante Thiago Maia, que já esperava o retorno da boa fase santista, projeta o terceiro sucesso consecutivo no Campeonato Paulista.

"Falei que quando começasse a embalar, seria difícil parar. Vamos para o terceiro jogo, será difícil, mas jogaremos em casa. Creio que possamos vencer e ficar em primeiro para decidirmos em casa", disse.

O Santos treinou na tarde desta terça-feira no CT Rei Pelé e Dorival Júnior vai poupar algumas de suas principais peças. Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Renato farão trabalho específico e sequer foram relacionados, assim como o atacante Bruno Henrique, desfalque por conta de um quadro de gripe.

NOVORIZONTINO - A equipe, que promete um jogo tranquilo na Vila Belmiro, curte o momento marcante na sua história. O empate por 0 a 0 com o Mirassol no último final de semana, combinado com outros resultados, confirmou a classificação do Novorizontino no Grupo C, além de uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Agora, elenco e comissão técnica se concentram nas quartas de final diante do Palmeiras.

"Na verdade fomos além do objetivo inicial. Mas vamos seguir sempre pensando ir mais longe", diz o técnico Silas Pereira. Quando ele assumiu o time, no dia 7 de março, o Novorizontino ainda brigava contra o rebaixamento. Mas em quatro jogos, conseguiu duas vitórias e dois empates, afastando matematicamente o risco de descenso e, de quebra, assegurando a vaga na próxima fase.

Com 15 pontos, o time do interior não pode alcançar a liderança da chave, que já é do Palmeiras, mas quer estragar os planos do Santos. Entretanto, a proeza será ainda mais difícil, pois a escalação será bastante diferente em relação ao empate com o Mirassol.

Os desfalques do time serão o lateral-esquerdo João Lucas e os volantes Eder e Matheus Banguelê, suspensos. A primeira opção para a lateral é o jovem Igor, de 24 anos, que deve estrear contra o Santos. O grande problema é o substituto de Eder. As opções do técnico Silas Pereira são utilizar o zagueiro Jéci como volante ou deixar o time mais ofensivo com a entrada do meia Caíque.