Com um gol irregular, Chelsea ganha de virada do Cardiff, no País de Gales

Esportes

Com um gol irregular, Chelsea ganha de virada do Cardiff, no País de Gales

Com um gol irregular, o Chelsea venceu, de virada, por 2 a 1, o Cardiff, no País de Gales, neste domingo, pela 31ª rodada do Campeonato Inglês. O gol polêmico foi o do empate marcado por Azpilicueta, aos 39 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Chelsea segue na briga por uma vaga na Liga dos Campeões, com 60 pontos, ao lado do Arsenal, e um ponto atrás de Tottenham e Manchester United. A liderança é do Manchester City, com 77 pontos), um à frente do Liverpool, que joga neste domingo com o Tottenham.

Com a derrota, o Cardiff fica com 28 pontos, em 18º lugar, e ainda viu Burnley e Soulthampton vencerem na rodada e se distanciarem na luta contra o rebaixamento.

O primeiro tempo foi muito fraco tecnicamente, com o Chelsea sem a menor inspiração. Das dez finalizações nos primeiros 45 minutos, apenas uma foi no gol. E foi do time do País de Gales.

Com o belga Hazard no banco de reservas, a função de armar o time do Chelsea ficou para Willian, que não teve sucesso. O melhor momento do meia brasileiro foi uma boa cobrança de falta, que passou muito perto do gol adversário.

Como o Chelsea não tinha boa produção, o Cardiff, que briga para não ser rebaixado, teve a iniciativa do jogo, apoiado por sua frenética torcida. O time imprimiu velocidade, principalmente em cima do setor do zagueiro David Luiz, mas faltou qualidade nas finalizações.

O segundo tempo foi diferente. Com menos de um minuto, o espanhol Camarasa fez um golaço para o Cardiff, ao acertar um bonito chute de primeira no ângulo direito de Arrizabalaga.

O jogo ficou aberto e o Chelsea passou a ter ritmo mais intenso no ataque com a entrada de Hazard. O meia belga sofreu forte marcação e abriu espaços para os demais companheiros. Willian aproveitou e quase empatou, aos 28, ao bater cruzado com muito perigo.

Nos últimos quinze minutos, o Cardiff demonstrou cansaço e sofreu pressão do Chelsea, que se expunha aos contra-ataques. Mas, aos 39 minutos, Azpilicueta, impedido, empatou o jogo, após assistência de Marcos Alonso.

No lance seguinte, a arbitragem voltou a prejudicar o Cardiff ao não expulsar o zagueiro Rudiger, após cometer falta. Mas a situação do Cardiff ainda ficaria pior.

Aos 45, Willian cruzou da direita e Loftus-Cheek, livre, cabeceou para fazer o segundo gol do Chelsea, para desespero dos torcedores do Cardiff.