Atletismo e vôlei de praia: estrutura para formar campeões na Grande Vitória

Esportes

Atletismo e vôlei de praia: estrutura para formar campeões na Grande Vitória

Estruturas de ponta, prontas para trabalhar o atleta de forma completa. Tudo está preparado para o esporte de alto rendimento. É assim para modalidades como atletismo e vôlei de praia.

O caminho é extenso e exige esforço e muito fôlego, mas nada que intimide o jovem Paulo Henrique, de apenas 14 anos. Ele conquistou medalha de ouro nos Jogos Escolares da Juventude, em Natal, o que garantiu uma vaga no campeonato Sul Americano, na Argentina. “Eu fiquei em segundo lugar. Foi um momento de alegria porque eu nunca pensei que fosse conseguir ganhar uma medalha fora do Brasil e fora do Estado”, disse.

O técnico Felipe Carvalho fala do atleta com orgulho. “Ele teve encontro com outras nacionalidades, com todas as nações da América Sul, trocou experiência, conheceu o idioma espanhol e aprendeu a falar algumas palavras. Esse valor social também é muito importante”, declarou.

Apesar de novo, Paulo Henrique é referência para os amigos do atletismo. O sonho desses jovens atletas é ter a oportunidade de participar da seleção brasileira.  “Meu maior sonho é poder participar da seleção brasileira para poder representar o país e meu estado”, disse a atleta Thainara Almeida.

Projeto

O que ajudou Paulo Henrique a encontrar o atleta que existe dentro dele foi a Estação Conhecimento Serra, fundada em 2010. A estrutura faz parte de um dos projetos desenvolvidos pela fundação Vale. A iniciativa é viabilizada por meio de parcerias locais com o poder público e com a comunidade. “Essa é a melhor estrutura de atletismo do Estado, sem nenhuma discussão. A grama é sintética e temos toda a estrutura de equipamentos e todo o amparo social necessário para realizar o trabalho de auxílio da construção da cidadania de todos os nossos jovens por meio do esporte”, ressaltou o técnico.

A atleta Maysa Morais sempre gostou do esporte. Ela faz o salto no atletismo e diz que depois que entrou para o projeto melhorou bastante não só na modalidade, mas dentro de casa. “Aqui a gente não faz só o esporte, a gente faz atividades que também ensinam a ter uma convivência com outras pessoas, o que ajuda bastante em tudo. Melhora o comportamento em casa e ficamos mais responsáveis”, afirma.

Na Estação Conhecimento Serra, os participantes contam com uma super estrutura para o treinamento. A pista de atletismo é referência em todo o Estado, pois é a única oficial sintética. Por isso está apta para receber competições de grande porte.

No vôlei de praia não é diferente. A estrutura natural faz com que os atletas avancem no esporte cada vez mais. “A gente tem uma estrutura bem completa. Temos três técnicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais”, afirmou a técnica auxiliar Luana Madeira.

O treino realizado em dupla é focado nas grandes competições e o objetivo é que esses atletas substituam as grandes referências do esporte em alguns anos.

Alison Cerutti venceu pela primeira vez na carreira o Rei da Praia em 2011 e não parou mais. No ano seguinte, ele conquistou o bicampeonato e, na sequência, tornou-se campeão mundial de vôlei de praia masculino ao lado do parceiro Emanuel.

Larissa França é outra estrela do vôlei de praia. Ao lado de Juliana, ela conquistou seus principais títulos, como o hexacampeonato do circuito mundial de vôlei de praia, medalha de ouro nos Jogos Pan Americanos do Rio de Janeiro em 2007 e o campeonato mundial de vôlei em 2011, além do bronze na Olimpíada de Londres. Quem também não pode faltar é o jogador Fábio Luiz, atleta de voleibol desde os 15 anos de idade.

Tancredão

Outra estrutura para desenvolver o potencial dos jovens atletas é o Centro Esportivo Tancredo de Almeida Neves, conhecido como Tancredão.

O complexo conta com ginásio, academia de ginástica, piscina semi olímpica e quadras para desenvolver modalidades esportivas. Além de desenvolver um esporte de alto rendimento, o foco também é trabalhar o lado social.

“É um centro que abraça todo mundo, desde a comunidade, desde o esporte social de lazer até o esporte de alto rendimento. No nível municipal, nós fazemos um esporte social, já no nível estadual e federal a gente parte para o alto rendimento, mas hoje o governo nos dá a capacidade para fazer esses encaminhamentos que é muito importante’, declara o secretário de Esportes de Vitória Wallace Valente.