Fora dos playoffs, New York Knicks demite técnico Mike Woodson

Esportes

Fora dos playoffs, New York Knicks demite técnico Mike Woodson

Nova York - A decepcionante campanha do New York Knicks na temporada 2013/2014 da NBA não passou impune e culminou em mudanças na franquia. Nesta segunda-feira, o ex-técnico Phil Jackson, contratado recentemente para o cargo de presidente de operações, anunciou a saída de toda a comissão técnica da equipe, incluído o treinador Mike Woodson.

A demissão foi causada pela péssima campanha do Knicks, que conseguiu ficar de fora dos playoffs mesmo com um elenco estrelado, com a segunda maior folha salarial da liga, e em meio ao nível fraco do Leste em 2013/2014. O time de Nova York acabou na nona colocação da conferência, com apenas 37 vitórias em 82 jogos.

"Eu tenho um tremendo respeito pelo Mike Woodson e toda sua equipe. Os técnicos e os jogadores da equipe tiveram uma temporada de 2013/2014 extremamente difícil e a culpa não deve cair sobre apenas um indivíduo. Mas a hora chegou para mudanças na franquia, já que começamos nossa jornada para construir o time para a próxima temporada", justificou Phil Jackson.

Em quase três temporadas pelo Knicks, Woodson avançou aos playoffs duas vezes, mas sequer chegou à final de conferência em nenhuma delas. No elenco, há nomes de impacto como Carmelo Anthony, Tyson Chandler, J.R. Smith, Amare Stoudemire, entre outros, mas a qualidade dos jogadores não tem se refletido em quadra.