• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chelsea sofre, mas consegue virar sobre Stoke City e manter vantagem no Inglês

Esportes

Chelsea sofre, mas consegue virar sobre Stoke City e manter vantagem no Inglês

Londres - O Chelsea sofreu mais do que esperava diante de um valente Stoke City, mas conseguiu conquistar uma vitória suada pelo placar apertado de 2 a 1, com gols de Hazard e Remy, em Stamford Bridge. Charlie Adam marcou para os visitantes. A partida também ficou marcada pela volta da lesão do atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa.

O atual líder da Premier League entrou em campo sabendo dos resultados favoráveis de seus perseguidores pelo título do Inglês. Arsenal e Manchester United ganharam neste sábado seus jogos diante de Liverpool (4-1) e Aston Villa (3-1). Mesmo com um jogo a menos, a equipe de José Mourinho necessitava da vitória para manter a distância.

Com exceção de Diego Costa, que foi substituído pelo francês Loic Remy, Mourinho mandou a campo todos seus titulares. E teve o retorno esperado. A equipe da casa pressionou desde o início e só não abriu o marcador por causa da excelente atuação do goleiro bósnio Asmir Begovic, que foi o jogador da partida até quase o fim do primeiro tempo.

Aos 39 minutos de jogo, Philipp Wollscheid chegou atrasado e fez falta em cima de Cesc Fàbregas dentro de sua área. O belga Hazard, com a tranquilidade costumeira, bateu com maestria e abriu o marcador. Mas a etapa inicial ainda reservava fortes emoções para os torcedores em Stamford Bridge. Aos 44, em jogada isolada, o escocês Charlie Adam recebeu a bola no meio-campo e levantou a cabeça. Com o goleiro Courtois adiantado, o jogador do Stoke mostrou muito talento ao bater firme, de longe, surpreendendo a todos no estádio e fazendo o gol que Pelé quase fez em 1970. Um golaço, candidato a gol da temporada no Inglês.

Na volta para o intervalo, depois do susto, Mourinho trouxe a campo Diego Costa, dúvida até o último momento por causa de sua lesão - a mesma que o fez perder os duelos da seleção espanhola diante de Ucrânia e Holanda nos últimos dias. O atacante entrou no lugar de Oscar, mas aguentou apenas 11 minutos antes de pedir para sair do duelo por causa da lesão.

Com o clima tenso, a tranquilidade para os comandados de Mourinho chegou aos 17 da etapa final. Hazard aproveitou um erro na saída de bola do goleiro Begovic para deixar o francês Remy sozinho na cara do gol, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes e virar para o Chelsea. Apesar da pressão do Stoke, o time da casa conseguiu manter a calma e assegurar a vitória, que levou a equipe a 70 pontos, sete a mais que o Arsenal, o momentâneo segundo colocado, com 63. O Chelsea lidera de forma absoluta e ainda tem um jogo a menos em relação a seus perseguidores. O Stoke estacionou na 10ª posição, com 42 pontos Guillermo Cuadrado en Inglaterra.