• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense começa preparação para Brasileiro e almeja nova chance na Libertadores

Esportes

Fluminense começa preparação para Brasileiro e almeja nova chance na Libertadores

Rio - Em fase de preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro, o Fluminense já começa a projetar seus objetivos para a sequência desta temporada. E o foco da equipe é uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. O meia Wagner não hesitou em responder que o time tem condições, apesar de reconhecer que a jornada será complicada. "É um passo muito importante poder voltar a jogar a Libertadores, mas é um sonho que a gente tem que ter na cabeça, sim. Temos que almejar alto e pensar grande. Vamos ter que provar bastante coisa", afirmou o atacante. "É um time novo e seria a primeira Libertadores para muitos jogadores. Tudo isso vai contar. Espero que a gente esteja bem preparado para superar quase todas as dificuldades que aparecerem pela frente", reforçou o jogador.

Os jogadores do Fluminense acordaram cedo na manhã deste sábado para dar sequência à preparação para o Campeonato Brasileiro. Na atividade, os atletas trabalharam a parte técnica em exercícios de finalização e movimentação de ataque contra defesa. Em determinado momento do treino, o técnico Ricardo Drubscky dividiu o grupo em três equipes de oito atletas. Enquanto um time atacava, o outro precisava sair do campo defensivo com a bola dominada.

O atacante Wagner ressaltou que para vencer uma competição longa e desgastante como o Campeonato Brasileiro é necessário ter mais do que apenas um bom time titular. Segundo ele, o plantel inteiro precisa ter qualidade e não pode haver vaidade nas disputas por posições na equipe principal para que os bons resultados aconteçam. "Independentemente de posição, o campeonato é longo e muita coisa vai acontecer. São vários jogos, 38 rodadas. O jogador joga dois, três jogos e tem que sair para descansar e dar lugar ao outro. O mais importante não é ter 11 titulares, mas sim 15, 16 ou 18 jogadores importantes e um grupo fortalecido - disse o meia.

Modelo por um dia durante a apresentação do terceiro uniforme do Fluminense, de cor predominantemente verde, Wagner espera que a nova armadura dê sorte ao time no Brasileiro. "Fiquei feliz de participar da apresentação. Espero que a camisa traga sorte. O torcedor vai gostar. Nós gostamos, aprovamos. Agora é entrar em campo e torcer para que ela possa nos dar muitas alegrias" concluiu.

O Fluminense estreia no Campeonato Brasileiro no dia 9 de maio, às 21h, contra o Joinville, no Maracanã.