Levir avalia que Atlético-MG cresce nos momentos decisivos

Esportes

Levir avalia que Atlético-MG cresce nos momentos decisivos

Redação Folha Vitória

Belo Horizonte - O técnico Levir Culpi avaliou que a força demonstrada pelo Atlético em partidas de caráter decisivo foi fundamental para o time assegurar a sua presença na decisão do Campeonato Mineiro. No último domingo, o time derrotou o rival Cruzeiro por 2 a 1, no Mineirão, de virada, e agora disputará o título do torneio estadual com a Caldense.

"É uma somatória de detalhes, é difícil de analisar. Uma coisa a gente tem certeza, esse tipo de jogo parece que combina com o Atlético. Já tivemos uma sequência de jogos dessa natureza e o time não desiste nunca, eles queriam vencer de qualquer maneira. A vitória era o único resultado que nos colocaria na final. Foi uma vitória expressiva", disse Levir.

Atlético e Caldense começam a decidir o Campeonato Mineiro no próximo domingo, mas antes o time de Belo Horizonte terá um confronto importante. Nesta quarta-feira, a equipe vai encarar o Colo Colo, em casa, e precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar às oitavas de final da Copa Libertadores. Para Levir, a vitória sobre o Cruzeiro aumenta a confiança da equipe para o duelo decisivo.

"Agora, é recuperar os jogadores porque, quarta, vai ser outro inferno no Independência. Temos que ganhar por dois gols de diferença e acredito muito nessa situação. A vitória veio na hora certa e enche todo mundo de motivação", comentou o treinador.

Levir também destacou o preparo físico do elenco do Atlético, lembrando que o time venceu o Cruzeiro, de virada, marcando os seus gols no segundo tempo, depois de enfrentar uma desgastante viagem de volta do México. Além disso, elogiou o apoio da torcida, que só teve acesso a 10% da carga dos ingressos, no Mineirão.

"É hora de parabenizar a preparação física porque as pessoas enxergam somente o resultado. Fizemos uma viagem de 12 horas e ainda vem com uma derrota nas costas. É um peso muito grande na parte física. Aí, você enfrenta o Cruzeiro com 40 mil pessoas. E viemos com nossa tropa de cinco mil, que deu um equilíbrio nas arquibancadas. Como a gente vai falar que um time está mal fisicamente, correndo o que a gente correu hoje. Ganhamos a vaga para final, estamos respeitando o campeonato. Entramos com força máxima, o campeonato é muito importante para a gente", comentou.