Líder em cruzamentos, Palmeiras tem o melhor e o pior no fundamento no Paulistão

Esportes

Líder em cruzamentos, Palmeiras tem o melhor e o pior no fundamento no Paulistão

Segundo dados do Footstats, empresa de estatísticas em futebol, o clube é o que mais faz cruzamentos, acerta e erra no torneio estadual, além de ter os líderes individuais nesses quesitos

Redação Folha Vitória
Foto: Estadão Conteúdo

São Paulo - Os números mostram que, pelo menos por enquanto, o Palmeiras não é o time que se destaca no Campeonato Paulista por jogar com a bola no chão. Segundo dados do Footstats, empresa de estatísticas especializada em futebol, o clube é o que mais faz cruzamentos, acerta e erra no torneio estadual, além de ter os líderes individuais nesses quesitos.

Robinho, embora atue pelo meio, é o jogador com o melhor cruzamento do Paulistão: já foram 22 acertos. Renato Cajá, da Ponte Preta, aparece em segundo com 16. O segundo melhor palmeirense é Lucas, que está em sétimo na classificação - junto com Edson Ratinho, do Mogi Mirim - com 14 cruzamentos certeiros.

O lateral-direito, porém, é líder em cruzamentos errados - Lucas já falhou em 60 tentativas. O segundo colocado é Edson Ratinho, com 56. O segundo pior palmeirense é Zé Roberto, com 41 cruzamentos errados.

Já contando a equipe em um todo, o Palmeiras é o líder em cruzamentos certos, com 61 tentativas, junto com o Botafogo. Entre os errados, também está na ponta, com 255. O Mogi é o segundo com 232.

Durante os treinamentos, o técnico Oswaldo de Oliveira tem trabalho bastante as jogadas pelas laterais e o esquema tático faz com que os atacantes também apareçam bastante pelas pontas.

"Ele joga com dois homem bem abertos e laterais chegando. O futebol de hoje exige isso porque pelo meio temos sempre um adversário bem fechado. Quando tentamos pelo meio, levamos contra-ataque. Por isso atacar pelas pontas é uma tática que o Oswaldo gosta de trabalhar", explicou Lucas.