Nuzman se mostra favorável à presença de Anderson Silva na Olimpíada

Esportes

Nuzman se mostra favorável à presença de Anderson Silva na Olimpíada

Redação Folha Vitória

Rio - A intenção do astro de MMA Anderson Silva de disputar o tae kwon do pelo Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016 é vista com bons olhos por Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Rio-2016, responsável pela organização. Nesta sexta-feira, Nuzman afirmou que seria "um prazer muito grande" a participação de Anderson na Olimpíada.

"Eu gostaria de ver os melhores atletas do mundo participando. E se o Anderson for cumprindo tudo o que tem que cumprir, e ele se classificar - porque o presidente da Confederação Brasileiras de Tae Kwon Do deixou muito claro que ele não vai ganhar (a vaga) de presente -, será um prazer muito grande (termos) mais um atleta brasileiro de renome", disse Nuzman.

Na avaliação do dirigente, a presença de Anderson Silva nos Jogos ajudaria no próprio desenvolvimento do tae kwon do no País. "Acho que para o tae kwon do é uma grande conquista, é de grande importância. O tae kwon do é um esporte em grande desenvolvimento, e será benéfico", considerou.

Sobre o caso de doping pelo qual Anderson Silva está envolvido, Nuzman declarou que a tolerância é "zero", mas que isso não será impedimento para disputa dos Jogos caso o lutador resolva a questão com a Comissão Atlética de Nevada e, eventualmente, com a Agência Mundial Antidoping.

"Defendemos que o doping é uma questão zero para nós, mas no mundo diversos atletas campeões olímpicos tiveram no passado problemas de doping. Então, ele cumprindo o que for estabelecido pela comissão de Nevada, ele estará sem problemas para poder competir", disse Nuzman.