Apesar de eliminação, jogadores dizem que Palmeiras sai fortalecido

Esportes

Apesar de eliminação, jogadores dizem que Palmeiras sai fortalecido

Redação Folha Vitória

São Paulo - Tristes, mas orgulhosos. Os jogadores do Palmeiras deixaram o campo do Allianz Parque neste sábado, após serem eliminados pela Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, com a sensação de dever cumprido. O time ressaltou que, apesar de a vitória por 1 a 0 não ter sido suficiente para ir à decisão, deixa como legado para restante do ano o empenho e a dedicação para buscar o resultado.

"Por mais que seja triste a eliminação dentro de campo, saímos de cabeça erguida e fortalecidos para o resto do ano nas competições", afirmou o zagueiro Edu Dracena. O time saiu aplaudido de campo pelos 39 mil torcedores e repete, assim, a campanha no último Estadual, quando também caiu na semifinal. Neste ano a equipe se viu em grande dificuldade diante da Ponte Preta após perder o primeiro jogo.

No último domingo, em Campinas, a equipe da casa fez 3 a 0 com gols somente no primeiro tempo. "Infelizmente a primeira partida foi a que nos eliminou. Tentamos correr, mas já estávamos em uma situação difícil", comentou o lateral-direito Jean. A equipe pressionou bastante no Allianz Parque. O gol demorou a sair e só veio aos 37 minutos da etapa final, com Felipe Melo.

"Saio triste pelo resultado e ao mesmo tempo satisfeito pelo o que o time lutou. A torcida quer isso aí, que lute e dê a vida dentro de campo. Temos coisas grandes pela frente e tomara que a gente possa conseguir", disse Dracena. Na próxima quarta-feira o Palmeiras tem compromisso pela Copa Libertadores, ao enfrentar em Montevidéu, no Uruguai, o Peñarol, pela quarta rodada da fase de grupos.

O atacante e capitão Dudu também afirmou que o elenco sairá fortalecido depois dessa queda na semifinal. "Tivemos volume, intensidade e bom futebol. Então, temos que levantar a cabeça e pensar no próximo jogo. Infelizmente não fizemos os três gols necessários", disse.