Leco avisa que contratações de reforços estão 'acomodadas' no São Paulo

Esportes

Leco avisa que contratações de reforços estão 'acomodadas' no São Paulo

Redação Folha Vitória

São Paulo - Os clubes brasileiros têm até esta terça-feira para definir qualquer contratação de atleta do exterior, pois a janela de transferências para jogadores que atuam fora do País vai fechar. Com isso, algumas equipes podem trazer reforço de última hora para o elenco. No São Paulo, o presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, já avisou que não existe nada na mira.

"São muitas as exigências e as demandas, a dinâmica do futebol indica que algum jogador pode se contundir, pode acontecer alguma coisa como agora ocorreu com o Cueva, felizmente nada grave. Estamos sempre atentos na possibilidade de, a qualquer momento, fazer algum novo investimento, trazer algum jogador. Mas, por enquanto, não tem nada previsto, as coisas estão acomodadas", disse.

Um nome que vem sendo bastante comentado é do meia Everton Ribeiro, que está no Al-Ahly, dos Emirados Árabes Unidos. O jogador custa caro e tem um salário muito alto para os padrões do São Paulo. Já houve conversa há alguns meses, mas os dirigentes do Morumbi garantem que a situação esfriou.

"O Everton Ribeiro não é inviável, mas é muito difícil. Acho pouco provável que aconteça (a sua contratação). Naturalmente, se vislumbramos uma perspectiva, uma possibilidade, óbvio que vamos ter o interesse. Mas não é uma coisa que a gente imagina que seja fácil de acontecer", explicou Leco.

O presidente lembra que uma equipe do tamanho do São Paulo sempre está atenta às movimentações do mercado. Um nome que apareceu como possível reforço nos últimos dias foi o do venezuelano Seijas, que está no Internacional. "Desconheço totalmente, o São Paulo desconhece totalmente. É especulação", avisou Leco.