• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novamente no Morumbi, São Paulo busca vaga na semi do Paulistão contra o Linense

Esportes

Novamente no Morumbi, São Paulo busca vaga na semi do Paulistão contra o Linense

No jogo de ida, também no estádio do Morumbi, na capital paulista, a equipe fez 2 a 0 e pode até mesmo perder por um gol de diferença que avança na competição

O atacante Lucas Pratto pode ser poupado da partida Foto: Reprodução/Instagram

O São Paulo volta a campo neste sábado, às 16 horas, contra o Linense para sacramentar a sua vaga para a semifinal do Campeonato Paulista. No jogo de ida, também no estádio do Morumbi, na capital paulista, a equipe fez 2 a 0 e pode até mesmo perder por um gol de diferença que avança na competição. Para o duelo, o técnico Rogério Ceni pode poupar alguns titulares.

Os atacantes Lucas Pratto e Wellington Nem, por exemplo, podem ganhar um descanso. O treinador traçou um planejamento para as decisões de abril e deve escalar alguns titulares que não viajaram para Buenos Aires para enfrentar o Defensa y Justicia, pela Copa Sul-Americana. Com isso, Renan Ribeiro, Maicon, Cícero e Luiz Araújo devem entrar no time.

"Temos de aproveitar a vantagem para conquistarmos a classificação. Vamos entrar da mesma maneira que sempre encaramos os jogos porque o nosso objetivo é vencer novamente o Linense, marcar pressão e assegurar a vaga. Não é porque temos a vantagem que vamos entrar abaixo. Vamos entrar com a mesma pegada da semana passada para avançarmos", avisou o capitão Maicon.

O zagueiro estava suspenso diante do Defensa y Justicia, mas poderá reforçar o time contra o Linense. Para ele, o São Paulo não pode entrar em campo para jogar com o regulamento debaixo do braço. "Não vamos administrar resultado. Vamos entrar com tudo para sair com a vitória e a classificação. Se dermos mole poderemos ser surpreendidos em casa porque o Linense não está nessa fase à toa", comentou.

Como fez um treinamento fechado nesta sexta-feira, Rogério Ceni escondeu o time titular, mas deve preservar alguns jogadores, já mirando a partida de quinta contra o Cruzeiro, pela quarta fase da Copa do Brasil. Com elenco curto, ele explica que está tendo de administrar o condicionamento dos jogadores para ter alto rendimento nas disputas de mata-mata do mês de abril.

LINENSE - No lado adversário, o confronto pode fechar com chave de ouro a passagem do técnico Márcio Fernandes pelo time de Lins (SP). Ele já fala em tom de despedida. "Apesar do resultado negativo, lembro que temos este jogo de volta e nós acreditamos que é possível buscar um bom resultado e pelo menos tentar empatar a eliminatória", comentou. "Temos de salientar que o trabalho da classificação se deve apenas aos atletas que deram o máximo para estar pela primeira vez na história do Linense em uma quartas de final. Isso é já um grande feito", continuou.

Márcio Fernandes chegou ao clube na quinta rodada da primeira fase para suprir a saída de Guilherme Alves, que saiu após a goleada de 4 a 0 para o Palmeiras. Assim que assumiu teve de lidar com a pressão da zona de rebaixamento, mas emendou uma sequência de cinco jogos sem perder com três vitórias e dois empates. No total, ele sofreu apenas três derrotas: 5 a 1 para o Ituano, 3 a 1 contra o Corinthians e o revés diante do São Paulo recentemente.

Mas além da necessidade de reverter a derrota, Márcio Fernandes também precisa encontrar os substitutos para Maycon e Thiago Carleto. O volante foi expulso no primeiro jogo e está automaticamente suspenso, assim como o lateral-esquerdo, que recebeu o terceiro cartão amarelo. No restante, o time não tem nenhum jogador lesionado e não deve apostar em grandes mudanças.

Sem nenhum lateral-esquerdo de ofício no grupo, o técnico terá de apostar em algum jogador improvisado no setor. Bruno Costa, que já entrou no decorrer do último jogo, é a primeira opção, mas Samuel também corre por fora. O jovem Marcelinho também poderia ganhar uma oportunidade. No meio, Murilo Rangel é o principal candidato a assumir o posto de Maycon, com Diego Felipe ainda mantido no time titular.