Presidente diz que Corinthians não vai priorizar competições

Esportes

Presidente diz que Corinthians não vai priorizar competições

Roberto de Andrade, no entanto, fez questão de deixar claro que caberá ao técnico Fábio Carille e seus auxiliares escolherem a escalação da equipe nos próximos jogos

Redação Folha Vitória
Ele disse que a comissão técnica que decide Foto: Divulgação

São Paulo - O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, avisou que o clube não vai priorizar nenhuma competição. No sábado, diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, a equipe iniciou uma série de confrontos de mata-mata. Na quarta-feira, o time enfrentará o Universidad de Chile, pela Copa Sul-Americana. No próximo domingo, faz a partida de volta com o Botafogo, e no dia 12 encara o Internacional pela Copa do Brasil.

"São competições de mata-mata, não tem muito o que poupar. Não é uma competição de pontos corridos, na qual você pode ganhar um ponto fora e tentar somar três em casa. No mata-mata, se você não passa de fase, você sai. Priorizar é abrir mão de um campeonato e eu quero chegar nas finais de todos os campeonatos. Esse é o nosso objetivo", disse o dirigente após o empate por 0 a 0 com o Botafogo, no sábado à noite.

Roberto de Andrade, no entanto, fez questão de deixar claro que caberá ao técnico Fábio Carille e seus auxiliares escolherem a escalação da equipe nos próximos jogos. "A comissão técnica é quem define essas coisas, não é o presidente", afirmou.

Carille, porém, ainda não sabe se terá força máxima nos próximos jogos. O meia Rodriguinho está com dores no joelho esquerdo e já ficou de fora da partida de sábado contra o Botafogo. Também estão no departamento médico Kazim, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel.