Fluminense tenta aproveitar fôlego para largar bem na 3ª fase da Copa do Brasil

Esportes

Fluminense tenta aproveitar fôlego para largar bem na 3ª fase da Copa do Brasil

Nesta quarta-feira, às 19h15, o time comandado por Fernando Diniz vai até Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, enfrentar o Luverdense no estádio Passo das Emas

Redação Folha Vitória
Foto: Lucas Merçon / FFC

Eliminado na semifinal da Taça Rio, o Fluminense teve uma semana para trabalhar de olho no primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 19h15, o time comandado por Fernando Diniz vai até Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, enfrentar o Luverdense no estádio Passo das Emas.

O Fluminense já passou pelo River-PI, por 5 a 0 na estreia, e o Ypiranga-RS, 3 a 0 na segunda fase. Já o Luverdense avançou inicialmente ao empatar por 0 a 0 com Corumbaense-MS, então quando a igualdade garantia a classificação para os times que atuavam como visitantes. E depois a equipe tricolor bateu o Figueirense por 1 a 0.

Nos campeonatos estaduais, os dois clubes não vivem uma situação fácil. Após ser eliminado da Taça Rio, o time tricolor garantiu pela campanha uma vaga na semifinal do Campeonato Carioca e enfrenta o Flamengo no sábado, como visitante. Já o Luverdense perdeu para o Cuiabá por 2 a 0 no primeiro jogo da semifinal dentro de casa e precisa se reabilitar no Campeonato Mato-Grossense no sábado.

Mesmo com tempo para recuperar, o Fluminense tem problemas. Airton, Mascarenhas, Léo Santos e Paulo Ricardo estão vetados pelo departamento médico, além de Digão, que fraturou a perna esquerda. Pedro, que chegou a trabalhar com bola, ainda não tem condições de jogo. Com as baixas, Fernando Diniz testou Ezequiel na lateral, Caio Henrique no meio de campo e Nino na zaga, no último treino antes de viajar para o Mato Grosso. "Nós vamos escalar o que temos de melhor de momento. Mas, é claro, sempre um time forte e determinado a vencer", garantiu Diniz.

Nino, por sua vez, festejou a sua segunda chance de ser titular, a primeira ao lado de Matheus Ferraz. "É um jogo muito importante, muito difícil, a gente sabe da dificuldade que vai encontrar, é sempre difícil de jogar aqui, mas a gente veio preparado, estamos trabalhando forte, encarando esse jogo como uma final e esperamos fazer nosso melhor", disse o zagueiro, que depois reforçou: "Oportunidade muito importante, meu segundo jogo como jogador do Fluminense e espero aproveitar da melhor maneira".

O técnico Júnior Rocha não tem nenhum desfalque para escalar o time titular do Luverdense. Lucas Braga teve um trauma abdominal, chegou a ficar em observação, mas foi liberado. Por isso o treinador deve manter o mesmo time que perdeu para o Cuiabá no final de semana, mas com a promessa de uma energia renovada. A classificação para a quarta fase vale R$ 1,9 milhão aos cofres do clube, dinheiro importante para o restante da temporada.