'Ninguém tem cadeira cativa', diz Tchê Tchê em apresentação oficial no São Paulo

Esportes

'Ninguém tem cadeira cativa', diz Tchê Tchê em apresentação oficial no São Paulo

Contratado por cerca de R$ 22 milhões, junto ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, Tchê Tchê deve brigar pela posição com Liziero

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

Apresentado oficialmente nesta quarta-feira como novo reforço do São Paulo, o volante Tchê Tchê afirmou que não chegou apenas por ter sido indicado pelo técnico Cuca, com quem foi campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2016. O jogador de 26 anos disse que também consultou o clube sobre o interesse em sua contratação.

"Sou suspeito para falar do Cuca. Mas, antes disso, tenho que agradecer ao (Alexandre) Pássaro (gerente executivo do São Paulo) e ao Raí (diretor executivo de futebol). Demorou um certo tempo, tive que ter uma conversa com o presidente do Dínamo e demonstrar que gostaria de estar aqui. Perguntei desde a primeira conversa se era o Cuca que me queria ou o clube também. Então, tem que deixar claro que não estou aqui só por causa do treinador. O clube também me quis. Estou feliz pela escolha", afirmou Danilo das Neves Pinheiro, o Tchê Tchê, nesta quarta no CT da Barra Funda.

Contratado por 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, Tchê Tchê deve brigar pela posição com Liziero no meio de campo são-paulino. O jogador não esconde a preferência por atuar como segundo volante, mas não descarta jogar em outra função. No Palmeiras, ele chegou a atuar como lateral-direito.

"Não tem rival dentro do grupo. (Liziero) vai ser mais um companheiro meu. Vamos trabalhar da melhor maneira. Chego com uma vontade imensa de ajudar o clube. Ninguém tem cadeira cativa. Não importa se eu chego porque o clube fez um grande esforço", diz o ex-palmeirense. "O Cuca vai ver onde posso jogar melhor. Minha preferência é volante, ele sabe. Mas vai saber me colocar", diz Tchê Tchê.

O novo reforço são-paulino não poderá atuar neste Campeonato Paulista, pois o prazo para inscrição na competição está encerrado. Sua estreia será apenas no Brasileirão, que começará em 27 de abril, justamente com o São Paulo abrindo a competição em partida contra o Botafogo, no Morumbi. Neste domingo, o time tricolor enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, no duelo de volta das semifinais do Paulistão.