Tio coloca em dúvida futuro de Nadal: 'É uma pessoa lesionada que joga tênis'

Esportes

Tio coloca em dúvida futuro de Nadal: 'É uma pessoa lesionada que joga tênis'

Toni Nadal, tio e ex-treinador de Rafael Nadal, avaliou nesta terça-feira o atual momento do número 2 do mundo e colocou em dúvida o futuro do espanhol no tênis. Para o técnico, os problemas físicos enfrentados por seu antigo pupilo podem encurtar a sua carreira profissional atuando em alto rendimento.

"O mais importante é o Rafael querer continuar jogando, apesar dos seus problemas físicos. Até quando, quem sabe, talvez mais dois ou três anos. O que digo é que o Rafa não é um jogador de tênis, mas sim uma pessoa lesionada que joga tênis e isso é muito difícil", disse em encontro em Palma de Maiorca, na Espanha, organizado pela Associação Nacional de Empresas Náuticas (ANEN, na sigla em espanhol).

Toni também aproveitou para atacar os jogadores da nova geração que, segundo ele, não jogam com compromisso. "Os jogadores mais novos são bons, mas no geral têm pouco compromisso. Já vi jogar vários jovens e eles lutam pouco. Eu os vi perder para o Rafa, Djokovic e Federer, mas sem nunca dar o máximo. Quando chegamos à ATP, os melhores tinham entre 21 e 23 anos. Agora os melhores têm 29, 30, 32 ou 37 anos", concluiu.

Rafael Nadal acabou abandonando a sua última competição, o Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, antes das semifinais por causa de uma lesão no joelho. O espanhol também definiu que não voltará a jogar antes do Masters 1000 de Montecarlo, evento realizado em quadras de saibro e marcado para o meio deste mês. A sua programação também inclui o ATP 500 de Barcelona e os Masters 1000 de Madri e Roma, até a chegada em Paris para Roland Garros.