Cariocão 2021: de virada, Fluminense goleia o Madureira no Maracanã

Esportes

Cariocão 2021: de virada, Fluminense goleia o Madureira no Maracanã

Nas semifinais, o time de Roger Machado vai enfrentar a Portuguesa

Vitor Simões

Redação Folha Vitória
Foto: Lucas Merçon / FFC

Na rodada de encerramento da primeira fase do Cariocão 2021, o Fluminense precisava vencer na manhã deste domingo (25) para evitar um clássico contra o Flamengo logo nas semifinais do estadual. Dessa forma, o tricolor sofreu no primeiro tempo e saiu para o intervalo em desvantagem. Mas com um segundo tempo arrasador, o time virou e garantiu a goleada por 4 a 1 sobre o Madureira, no Maracanã.

Os gols da partida foram marcados por Abel Hernandez, Raul Bobadilla, Paulo Henrique Ganso e Gabriel Teixeira. Luiz Paulo foi quem anotou o gol de honra do tricolor suburbano.

O resultado levou o tricolor aos 22 pontos, terminando a fase classificatória na segunda posição. Nas semifinais, o time de Roger Machado vai enfrentar a Portuguesa, grande surpresa deste campeonato e que não perdeu para nenhum dos quatro grandes nesta primeira fase. Serão partidas de ida e volta, com vantagem de empate para o tricolor pela melhor colocação nesta fase.

O JOGO

O Fluminense começou a partida controlando a posse de bola. Mas as primeiras jogadas foram do tricolor suburbano. Aos 10 minutos, Nilvaldo pegou a sobra da defesa e arriscou de fora da área e Marcos Felipe encaixou sem dificuldades. Na sequência, após vacilo de Hudson na saída de bola, Luiz Paulo retomou a bola, no entanto isolou na hora da finalização.

Depois da parada técnica, o tricolor das Laranjeiras melhorou na partida e teve uma grande chance para abrir o marcador. Em cobrança de falta, Cazares colocou na área e Danilo Barcelos com liberdade deu um leve desvio de cabeça. Mas a bola saiu pela linha de fundo com muito perigo.

Até que aos 28 minutos, também em uma bola parada, o Madureira foi fatal. Nivaldo levantou na área, a bola ficou viva na área e se ofereceu para o artilheiro Luiz Paulo que, mesmo com pouco ângulo, conseguiu finalizar por baixo de Marcos Felipe para marcar o primeiro. Foi o sexto gol dele no campeonato, artilheiro do tricolor suburbano na competição.

Em seguida, o centroavante quase marcou o segundo dele na partida. Em lançamento da defesa, ele driblou Manoel e chutou por cima do gol. Após o lance ele sentiu e teve que ser substituído.

Na parte final do primeiro tempo, o Flu conseguiu crescer no jogo e ficou perto de empatar. Aos 40, Cazares encontrou linndo passe para Bobadilla, que driblou o goleiro mas ficou sem ângulo e finalizou para fora.

No segundo tempo, o time de Roger Machado seguia em cima buscando o empate. Em duas oportunidades, ambas com Lucca, o atacante mandou pra longe do gol do Madureira.

Aos 13 minutos, no entanto, Abel Hernandez foi lançado em velocidade, antecipou o lateral Juninho, que cometeu pênalti em cima do atacante uruguaio. Na cobrança o próprio Abel bateu firme no canto alto direito e empatou a partida. Foi o primeiro gol dele com a camisa tricolor.

O Madureira, no entanto, mostrou que não estava morto e voltou a assustar aos 22 minutos. Após cobrança de falta na área, a zaga do Flu cortou parcialmente e Caíque Valdívia arriscou um lindo voleio que acertou o travessão de Marcos Felipe e saiu.

Em seguida, o tricolor quase conseguiu a virada com Gabriel Teixeira, mas a finalização do atacante explodiu na defesa do Madureira. Jogadores do Fluminense reclamaram muito de pênalti não marcado. No contra-ataque, Rodrigo Yuri recebeu e bateu colocado para a boa defesa de Marcos Felipe.

Na sequência, entretanto, o tricolor das Laranjeiras conseguiu a virada, e novamente com outro atacante estrangeiro. Danilo Barcelos cobrou escanteio, Gabriel Teixeira bateu de primeira. Felipe Lacerda deu rebote e Bobadilla não perdoou. O paraguaio marcou em sua estreia pelo tricolor.

O Madureira por pouco não chegou ao empate minutos depois. Elias recebeu na entrada da área e bateu rasteiro, mas Marcos Felipe foi no canto e fez uma linda defesa. Na sequência, Bruno Santos recebeu em velocidade na direita e chutou cruzado. Matheus Ferraz apareceu na hora certa e desviou de carrinho, providencial para mandar pra escanteio.

No fim, o Flu teve a chance de mata o jogo em bom contra-ataque. Caio Paulista recebeu na defesa, se livrou com categoria do marcador e arrancou em velocidade. O atacante tocou para Ganso, que serviu à Abel Hernández. O uruguaio, no entanto, parou no goleiro Felipe Lacerda.

Aos 45, porém, o gol do alívio veio. Em bela trama de ataque pelo lado esquerdo, Gabriel Teixeira pedalou e deu pra Ganso que encontrou Danilo Barcelos. O lateral foi no fundo e cruzou na medida para o próprio Ganso de cabeça fazer o terceiro.

No último lance da partida, o jovem Gabriel Teixeira recebeu na esquerda e bateu colocado com categoria, no ângulo do goleiro Felipe Lacerda para sacramentar a goleada.