Lesão tira meia William Carvalho de treino de Portugal

Esportes

Lesão tira meia William Carvalho de treino de Portugal

O jogador angolano naturalizado português, que defende o Sporting, está com uma dor muscular na região anterior da coxa direita e realizou um treino individual em campo

Óbidos - A seleção de Portugal treinou nesta terça-feira, em Óbidos, no centro de treinamentos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) sem cinco jogadores. Além de Fábio Coentrão, Pepe e Cristiano Ronaldo, que tiveram a apresentação adiada por conta da final da Liga dos Campeões, também não estiveram com o restante do elenco os meias Rubén Amorim e William Carvalho.

Na segunda, no primeiro dia de treinos da seleção, Rubén Amorim do Benfica, já havia sido desfalque por conta de uma lesão muscular no adutor da perna direita, conforme explicou a FPF. Nesta terça, ele fez trabalho de recondicionamento físico.

Já William Carvalho, angolano naturalizado português, que defende o Sporting, está com uma dor muscular na região anterior da coxa direita. De acordo com a FPF, ele realizou trabalho específico individual no campo.

Nesta terça, quem concedeu entrevista coletiva foi o meia Rafa, de apenas 21 anos, que defende o Braga e foi uma das surpresas da convocação do técnico Paulo Bento. O jogador só defendeu a seleção uma vez, no amistoso de março contra Camarões.

"Há quatro anos, jogava mais por divertimento, não esperava, nessa altura, poder chegar aqui. Fiquei surpreendido com a chamada, mas trabalhei o ano todo
para ajudar o Braga e fui compensado com esta presença no Mundial. Agora tenho de trabalhar para ajudar a seleção", disse Rafa.

Meia que joga aberto pelas laterais, Rafa negou as comparações com Ricardo Quaresma, que foi convocado numa pré-lista, mas acabou ficando de fora do grupo que virá ao Brasil. Rafa assume que tem "maior facilidade em jogar no meio, por uma questão de hábito", mas diz que vai jogar na seleção onde Paulo Bento quiser: "Pode ser no ataque, no meio ou na defesa".