• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chiellini minimiza reencontro com Suárez na final: 'Não guardo rancor'

Esportes

Chiellini minimiza reencontro com Suárez na final: 'Não guardo rancor'

Roma - A decisão da Liga dos Campeões entre Juventus e Barcelona, no dia 6 de junho, em Berlim, marcará o reencontro do zagueiro Chiellini com o atacante Luis Suárez. Será a primeira vez que eles se enfrentarão desde o fatídico 24 de junho do ano passado, quando uruguaio mordeu o italiano no confronto entre suas seleções pela Copa do Mundo. Na ocasião, o Uruguai venceu a Itália, eliminou o adversário e avançou, mas Suárez acabou recebendo uma dura suspensão e ficou de fora do resto do Mundial.

Perguntado nesta terça-feira sobre o reencontro com o atacante, Chiellini se mostrou tranquilo e minimizou. "Todo mundo me pergunta sobre isso, mas não tem nenhum problema. Não guardo nenhum rancor do Suárez, só tristeza porque naquele dia eles venceram e avançaram, enquanto fomos eliminados."

O experiente zagueiro de 30 anos garantiu que não terá qualquer cuidado diferente com o uruguaio. "É difícil eleger um dos três atacantes do Barça. Sobre o Suárez, marcarei como marquei o Benzema. Com o Messi, farei o mesmo que fiz com Cristiano Ronaldo, e com Neymar, igual ao que fiz com Bale", disse, lembrando de seu bom trabalho na semifinal diante do Real Madrid.

Apesar das inúmeras perguntas sobre a grande decisão da Liga dos Campeões, a entrevista desta terça foi uma coletiva de véspera da final da Copa da Itália. E, como não poderia deixar de ser, o torneio nacional também foi bastante citado. O próprio Chiellini, aliás, garantiu que o foco está somente na partida desta quarta, diante da Lazio, no Estádio Olímpico, em Roma.

"A nossa força é ir de partida em partida. Não pensamos mais adiante de amanhã, nem no dia 6 de junho. Queremos ganhar da Lazio e só depois veremos. Para falar da tríplice coroa ainda falta muito", disse o zagueiro sobre a possibilidade de adicionar os títulos da Copa da Itália e da Liga dos Campeões ao do Campeonato Italiano, já conquistado.