• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clippers atropela Rockets e fica a uma vitória da final do Oeste

Esportes

Clippers atropela Rockets e fica a uma vitória da final do Oeste

Los Angeles - O Los Angeles Clippers está a um passo da final da Conferência Oeste da NBA. Na noite do último domingo, a equipe não teve qualquer dificuldade para vencer o Houston Rockets por 33 pontos de vantagem, 128 a 95, em casa, e fez 3 a 1 na série melhor de sete. Agora, pode garantir a classificação já na terça-feira, no Texas. Se for necessário, a série ainda volta para a Califórnia na quinta-feira.

Precisando da vitória fora de casa para recuperar a vantagem do mando de quadra, o Rockets desenhou uma estratégia diferente no domingo e começou a fazer faltas intencionais em DeAndre Jordan, para aproveitar seu péssimo aproveitamento na linha de lance livre, logo de início. Para isso, até colocou em quadra nomes que não vinham participando da série, como Joey Dorsey e Kostas Papanikolau.

Foram 28 arremessos livres do pivô do Clippers somente no primeiro tempo, um recorde na história dos playoffs, mas a estratégia ficou longe de dar certo. Jordan exibiu um aproveitamento um pouco melhor que o esperado e sua presença em quadra, bancada pelo técnico Doc Rivers, reforçou a defesa do time de Los Angeles, que não cedia pontos fáceis ao adversário. O Rockets até chegou a abrir oito pontos de vantagem, mas foi para o intervalo perdendo por seis.

Se a estratégia não dava certo, o jeito foi mudá-la no segundo tempo. Só que aí as coisas se tornaram ainda piores. O Rockets deixou de fazer faltas em Jordan e o Clippers aproveitou para imprimir um rápido ataque de transição. Com Chris Paul e Blake Griffin novamente inspirados, a vantagem chegou rapidamente a mais de 20 pontos. Até porque do outro lado, James Harden e companhia estavam em péssimo dia. Dwight Howard, com problema de excesso de faltas, pouco colaborou.

O quarto período serviu apenas para cumprir o protocolo. O Clippers manteve o ritmo no início, abriu 30 pontos rapidamente e viu Howard ser excluído por cometer seis faltas. A partir daí, foi a hora de descansar seus principais nomes, já pensando no jogo 5. Pelo lado do Rockets, o técnico Kevin McHale terá muito trabalho para evitar a eliminação em casa.

A tática de faltas em DeAndre Jordan deu tão errado que o pivô foi o cestinha da partida, com 26 pontos, além de 17 rebotes. Blake Griffin anotou 21, enquanto Chris Paul terminou com 15 pontos e 12 assistências. A péssima atuação do Rockets é resumida nos números. Harden terminou com 21 pontos, mas acertou só cinco dos 12 arremessos que tentou. Howard ficou somente 18 minutos em quadra e terminou com sete pontos e seis rebotes.

Os playoffs da NBA terão sequência nesta segunda-feira com duas partidas. Vencendo por 2 a 1 a série diante do Golden State Warriors, o surpreendente Memphis Grizzlis tem a chance de encaminhar sua classificação à decisão do Oeste em casa. Mesma situação do Washington Wizards, que lidera diante do Atlanta Hawks no Leste e joga na capital norte-americana.