Em casa, Vitória goleia Bragantino pela Série B do Brasileiro e sai da crise

Esportes

Em casa, Vitória goleia Bragantino pela Série B do Brasileiro e sai da crise

Redação Folha Vitória

Salvador - Depois de uma semana conturbada, com eliminação na Copa do Brasil e demissão do técnico Claudinei Oliveira, o Vitória conseguiu se recuperar. Nesta sexta-feira, o time baiano derrotou o Bragantino por 4 a 1, no estádio Barradão, em Salvador, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O bom resultado colocou o Vitória perto dos primeiros colocados da Série B, com seis pontos, sob o comando do interino Wesley Carvalho. Já o Bragantino conheceu a sua segunda derrota e segue em posição intermediária, com apenas três.

A partida começou movimentada e intensa. Precisando vencer para tentar amenizar a crise que ronda o Barradão, o Vitória foi para cima e abriu o placar logo aos sete minutos. Escudero pegou rebote da defesa e, de fora da área, bateu colocado no canto direito de Douglas. Com o gol sofrido logo no início, o Bragantino foi obrigado a abandonar o plano de jogo de marcar forte e buscar o ataque em velocidade, indo para cima do adversário e criando chances.

O Vitória aproveitou a desatenção da defesa do Bragantino para decidir o jogo logo com cinco minutos do segundo tempo. Aos dois, Douglas, goleiro do time visitante, saiu jogando errado e soltou nos pés de Vander. O meia rolou para Élton, que ameaçou duas vezes e mandou de perna esquerda para o fundo das redes. Em seguida, Rogério, que havia acabado de entrar, recebeu passe no meio dos zagueiros paulistas, driblou o goleiro em velocidade e finalizou para o gol vazio.

Ainda atordoado pelo péssimo começo de segundo tempo, o Bragantino teve uma boa chance de descontar em lance curioso. Jobinho invadiu a área e foi derrubado por Ramon. Na sequência, Erick mandou para o fundo das redes, mas a arbitragem invalidou o lance, pois estava marcando pênalti. Os dois atacantes do Bragantino discutiram para decidir quem iria cobrar. Erick, porém, teve mais "moral" e foi para a bola. O camisa 7 bateu mal e parou nas mãos de Fernando Miguel.

O lance irritou bastante o técnico Osmar Loss, mas por pouco tempo, pois aos 28 minutos o Bragantino chegou ao primeiro gol. Chico recebeu em velocidade e tocou com categoria, na saída do goleiro. Os paulistas seguiram em cima, pressionando, mas o Vitória conseguiu se defender bem e ainda teve forças para ampliar. Diogo Matheus recebeu pela direita, cortou para o meio e bateu colocado, de perna esquerda, no ângulo de Douglas. Um belo gol, aos 41 minutos.

O Bragantino volta a campo contra o América-MG, na próxima sexta-feira, às 19h30, no estádio Nabi Abi Cheddid, em Bragança Paulista (SP). No dia seguinte, o Vitória encara o Botafogo, às 16h30, no estádio Engenhão, no Rio.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 4 x 1 BRAGANTINO

VITÓRIA - Fernando Miguel; Diogo Mateus, Maracás, Ramon e Diego Renan; Luiz Gustavo, Flávio (Jorge Wagner), Escudero (Rogério) e Vander; Elton e Rhayner (Amaral). Técnico: Wesley Carvalho (interino).

BRAGANTINO - Douglas; Alemão, Leandro Silva, Pedro Henrique e Moisés; Everton Dias (Bruno Costa), Samuel Santos e Guilherme (Alan Mineiro); Erick (Isaac), Jobinho e Chico. Técnico: Osmar Loss.

GOLS - Escudero, aos 7 minutos do primeiro tempo; Élton, aos 2, Rogério, aos 5, Chico, aos 28, e Diogo Matheus, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Maracás, Flávio, Rhayner e Diogo Matheus (Vitória); Leandro Silva, Alemão e Bruno Costa (Bragantino).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior (PR).

RENDA - R$ 15.441,00.

PÚBLICO - 2.902 pagantes (2.966 no total).

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).