Levir exalta recuperação do Atlético-MG após queda, mas rechaça favoritismo

Esportes

Levir exalta recuperação do Atlético-MG após queda, mas rechaça favoritismo

O resultado e a forma como o time jogou foram uma resposta positiva ao torcedor que manifestou todo seu apoio recepcionando os atletas no aeroporto com festa, mesmo após a queda

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Belo Horizonte - Somente quatro dias depois de ser eliminado na Libertadores, pelo Internacional, o Atlético-MG mostrou já ter assimilado o golpe e goleou o Fluminense por 4 a 1 no último domingo, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado e a forma como o time jogou foram uma resposta positiva ao torcedor que manifestou todo seu apoio recepcionando os atletas no aeroporto com festa, na última quinta, mesmo após a queda.

"O que chamou atenção foi a resposta que demos para os torcedores porque. Há muito tempo não via um time sair derrotado e ser recebido com torcida no aeroporto. Ficamos na obrigação de dar uma resposta. Foi uma injeção de ânimo a mais e ganhamos. Os jogadores estão todos felizes, porque você é bem recebido mesmo perdendo e consegue retribuir com uma grande vitória", disse o técnico Levir Culpi.

Mesmo manifestando seu contentamento com a forma como o time atuou, o treinador freou o otimismo e garantiu que ainda é cedo para tratar o Atlético-MG como favorito. "Estamos no caminho certo, mas é muito prematuro para afirmar que o time é favorito. Somos candidatos pela grandeza do clube, mas vamos com calma. O time está se encaixando, já estamos fazendo alguns jogos bons. Normalmente, ainda precisamos usar os três da reserva, então, ainda não existe aquele encaixe maravilhoso. Por enquanto, é muito cedo."

Para Levir, o fundamental agora é manter o bom aproveitamento demonstrado diante do Fluminense. "Não é sempre que uma série de fundamentos decide um jogo e, hoje (domingo), foi isso: a finalização. O desenvolvimento do jogo foi muito bom, com felicidade nas finalizações. Achei que isso foi fundamental. Tivemos as melhores oportunidades, o time criou e a vitória foi justa."