Prisão de Touro Moreno: família se cala e ex-pugilista não terá privilégios na prisão, em Colatina

Esportes

Prisão de Touro Moreno: família se cala e ex-pugilista não terá privilégios na prisão, em Colatina

Touro Moreno foi encaminhado à delegacia de Santa Teresa após atear fogo na residência em que morava com a esposa, Maria Olinda Falcão Gomes, no bairro Vila Nova, durante uma discussão

O ex-pugilista é pai de dois medalhistas olímpicos e ficou conhecido no mundo esportivo do Brasil Foto: Facebook

O jornal online Folha Vitória tentou entrar em contato com familiares do ex-lutador Adegar Câmara Florentino, o Touro Moreno, para comentar a situação em que o ex-pugilista preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina. No entanto, a resposta era de que a família não tinha a intenção de se manifestar.

Touro Moreno foi encaminhado à delegacia de Santa Teresa após atear fogo na residência em que morava com a esposa, Maria Olinda Falcão Gomes, no bairro Vila Nova,durante uma discussão.

Um dos genros do ex-lutador, identificado apenas como Marquinhos, disse que Touro Moreno bebia cerveja, mas que nunca foi agressivo. "Ele é um cara supertranquilo, paciente. Bebia sim, cerveja, mas nunca foi de se estressar. Ele estava bem em Santa Teresa", contou.

Segundo a Polícia Civil, o lutador ainda teria tentado agredir a mulher, que teria fugido e o deixado sozinho no local. Touro Moreno, então, teria quebrado alguns objetos e colocado fogo no imóvel. Os bombeiros foram ao local, mas a casa já havia sido destruída pelas chamas.

A casa incendiada ficou destruída, em Santa Teresa, na região Serrana do Espírito Santo Foto: Divulgação

O acusado foi encontrado pela Polícia Militar caído no chão e com sintomas de embriaguez. Ele foi levado para  hospital, medicado e, em seguida, encaminhado para a delegacia de Santa Teresa.

O delegado Olair José autuou Touro Moreno por ameaça e crime de dano qualificado. Foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 2 mil contra o acusado. Como ela não foi paga, o lutador foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina. Além de pugilista, Touro Moreno é pai dos também boxeadores Esquiva e Yamaguchi Falcão.

Em nota, a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), informou que Adegar Câmara Florentino está no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina. Conforme prevê a lei, o suspeito está recebendo o mesmo tratamento dispensado a todos os outros internos da unidade.