• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chelsea e Tottenham são multados em um total de R$ 3 milhões por confusão

Esportes

Chelsea e Tottenham são multados em um total de R$ 3 milhões por confusão

Londres - Custou caro a Chelsea e Tottenham a confusão no último clássico entre os clubes pelo Campeonato Inglês. Nesta segunda-feira, a Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) anunciou que os dois clubes foram multados em um valor combinado de 600 mil libras (aproximadamente R$ 3 milhões) por não conseguirem controlar os seus jogadores e membros da comissão técnica em um duelo marcado pelo clima quente entre eles.

A FA explicou nesta segunda-feira que os clubes admitiram terem quebrado três das regras da entidade no duelo disputado em 2 de maio no Stamford Bridge, relativos a dois incidentes ocorridos durante o jogo. Em um dos momentos de tensão, Danny Rose e Willian se desentenderam e foram separados apenas por Mauricio Pochettino, o treinador do Tottenham.

Uma outra confusão ocorreu depois do confronto, no caminho para os vestiários, com uma briga que envolveu jogadores e membros das comissões técnicas, com Guus Hiddink, o treinador do Chelsea chegando a cair no chão ao ser empurrado.

As penas impostas aos dois clubes, porém, foram diferentes. O Chelsea foi multado em 375 mil libras (R$ 1,9 milhão), enquanto a pena do Tottenham acabou sendo de 225 mil libras (R$ 1,14 milhão). Os times também foram alertados sobre a sua conduta no futuro.

Com o empate por 2 a 2, o Tottenham viu suas chances de ser campeão se encerrarem, o que garantiu ao Leicester o seu primeiro título do Campeonato Inglês. O jogo foi extremamente violento, com a aplicação de 12 cartões amarelos, sendo nove para o Tottenham.

A arbitragem, porém, não viu o belga Moussa Dembele, do Tottenham, colocar um dedo no olho do brasileiro naturalizado Diego Costa, do Chelsea. Posteriormente, a FA o suspendeu por seis jogos.