Ganso vê jogo contra o The Strongest como um divisor de águas do São Paulo

Esportes

Ganso vê jogo contra o The Strongest como um divisor de águas do São Paulo

Desde o jogo contra os bolivianos o time de Edgardo Bauza tem demonstrado uma clara evolução, inclusive Paulo Henrique Ganso, que no domingo fez o gol aparecendo de surpresa dentro da área

Redação Folha Vitória
 Ganso está na lista dos 40 pré-selecionados pelo técnico Dunga para a disputa da Copa América Centenário Foto: Reprodução/Instagram

São Paulo - A atitude dos jogadores do São Paulo em campo, aliada com a vitória sobre o Palmeiras e o fim do jejum de resultados positivos em clássicos fazem com que a equipe tricolor viva um momento diferente, onde a confiança é a palavra-chave. Para o meia Paulo Henrique Ganso, o empate por 1 a 1 com o The Strongest, na Bolívia, pela Copa Libertadores, em resultado que classificou o time para a fase de mata-mata da competição, foi um divisor de águas para criar uma identidade ao grupo.

"Aquele jogo foi um divisor de águas para o nosso elenco e para nossa forma de jogar, que vem melhorando a cada dia. Nosso time está crescendo nas competições por causa disso. Um está cobrando o outro e não tem vaidade de não poder falar ou reclamar. Cada um cobra do jeito que tem que cobrar. Lógico, no vestiário a gente conversa e vê quem errou e quem acertou para ajustar visando o próximo jogo", disse o meia, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, no domingo.

De fato, desde o jogo contra os bolivianos o time do técnico argentino Edgardo Bauza tem demonstrado uma clara evolução, inclusive Paulo Henrique Ganso, que no domingo fez o gol aparecendo de surpresa dentro da área. Mais uma vez, o assunto seleção brasileira volta a ser tema com o jogador. Ele está na lista dos 40 pré-selecionados pelo técnico Dunga para a disputa da Copa América Centenário e pode até ser chamado caso alguém seja cortado por lesão.

"Todo mundo vai ter oportunidade no momento certo e meu foco está no São Paulo. Treino bastante e me preparo para que, na hora que a oportunidade surgir, eu esteja preparado para dar conta do recado", projetou o meia.

O São Paulo volta a campo nesta quarta-feira para encarar o Figueirense, às 21h45, em Florianópolis. Para este jogo, o atacante argentino Jonathan Calleri está fora. Ele foi liberado para viajar e acertar algumas pendências de seu passaporte.