Giovani dos Santos e Vela se recusam a defender México na Copa América Centenário

Esportes

Giovani dos Santos e Vela se recusam a defender México na Copa América Centenário

Redação Folha Vitória

Cidade do México - Dois dos principais jogadores do México na atualidade, os atacantes Carlos Vela e Giovani dos Santos rejeitaram a convocação para a Copa América Centenário. De acordo com o técnico Juan Carlos Osorio, ex-São Paulo, os dois jogadores, companheiros no título mundial sub-17 em 2005, seriam chamados para a lista definitiva de 23 nomes anunciada nesta terça-feira por ele.

Giovani dos Santos defende o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos. Sem jogos entre outubro e fevereiro, ele não foi convocado por Osorio desde que o treinador colombiano assumiu a seleção mexicana, também em outubro. Agora ele vem de cinco gols em cinco jogos e seria convocado. O jogador de 27, entretanto, avisou que não contassem com ele.

"Opinar sobre a decisão dele ou tentar entender suas razões é muito difícil, porque seguramente que essas razões eu não consigo dimensionar. É difícil dar uma opinião, mas como técnico da seleção acho que tenho sido justo", comentou Osorio, que garantiu que as portas da seleção estarão sempre abertas a Giovani, que nunca tinha recusado uma convocação.

Já Vela diversas vezes rejeitou a seleção mexicana, ficando fora inclusive da última Copa do Mundo. O atacante da Real Sociedad, entretanto, retornou ainda em 2014 e foi titular, junto com Giovani, na conquista da Copa Ouro do ano passado. Para recusar a convocação, alegou que precisava recuperar seu futebol.

"Concordamos os dois que ele não teve sua melhor temporada, que não está atravessando seu melhor momento, e que precisava ter um descanso", ponderou Osorio. Já o meia Jonathan dos

Santos, irmão de Giovani, não foi convocado por decisão técnica. Aos 26 anos, ele é titular do Villarreal.

O goleiro Guilhermo Ochoa virou titular do Málaga em março, voltou a jogar após um ano e meio no banco, e foi convocado. Outro nome de destaque na lista é o veterano Rafa Márquez, ex-zagueiro do Barcelona, rebaixado na Itália com o Verona. Da Europa também vêm o meia Andrés Guardado, do PSV, e o atacante Chicharito Hernandez, do Bayer Leverkusen. O Porto cedeu os defensores Diego Reyes e Miguel Layún e os meia Jesús Corona e Héctor Herrera.

O México está no Grupo C da Copa América Centenário e estreia no dia 5 de junho contra o Uruguai, em Phoenix. Na competição, também enfrenta Jamaica e Venezuela. A equipe tem amistosos de preparação marcados contra Paraguai (em Atlanta) e Chile (em San Diego).