Brasil fatura ouro por equipes no badminton nos Jogos Sul-Americanos

Esportes

Brasil fatura ouro por equipes no badminton nos Jogos Sul-Americanos

Foi a primeira vez que o Brasil conquistou um ouro na modalidade por equipes

Redação Folha Vitória

O Brasil conquistou nesta segunda-feira a medalha de ouro por equipes no badminton nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, que valem vaga nos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019. Ygor Coelho, Artur Pomoceno, Luana Vicente e Fabiana Silva subiram ao lugar mais alto do pódio ao derrotarem a seleção do Peru por 3 a 1, na final realizada no Coliseu Evo Morales, na cidade boliviana.

Foi a primeira vez que o Brasil conquistou um ouro na modalidade por equipes, que conta com disputa mista, com até cinco confrontos por partida: duplas mistas, duplas masculinas, duplas femininas e um individual de cada naipe.

"Conquistar a primeira medalha de ouro do Brasil por equipes me faz sentir muito honrado em fazer parte desse time", comentou Ygor, 33º do ranking mundial e 1º da América. "O Peru tem tradição na modalidade e um ótimo jogo de duplas. Nós somos melhores nas simples. Não foi uma disputa fácil como o placar faz parecer. Nós fizemos questão de vibrar a cada ponto para não deixar eles entrarem no jogo."

O Brasil também conquistou medalha no levantamento de peso. No feminino até 48kg, Luana Madeira e Emily Rosa fizeram uma dobradinha com prata e bronze, respectivamente. A segunda colocada levantou 77kg no arranco e 90kg no arremesso, totalizando 167kg. Só perdeu para a equatoriana Angelica Mercedez, que levou o ouro, com um total de 168kg.

Emily levou o bronze com 71kg no arranco e 91kg no arremesso, totalizando 162kg. Foi o melhor resultado internacional da atleta. "A competição foi muito acirrada e eu estou muito contente em ter conquistado essa medalha", comemorou a atleta carioca.

Houve medalha brasileira também na vela. Juliana Duque e Rafael Rizzato conquistaram o ouro na classe Snipe nesta segunda. A dupla de velejadores levou três das oito regatas que disputou e nem precisou disputar a última etapa da disputa para garantir o triunfo na Represa Corani-La Barca, na cidade de Colomi.