Campeão da esgrima supera Popov e é eleito presidente do Comitê Olímpico Russo

Esportes

Campeão da esgrima supera Popov e é eleito presidente do Comitê Olímpico Russo

Redação Folha Vitória

O ex-esgrimista Stanislav Pozdniakov, quatro vezes campeão olímpico, foi eleito nesta terça-feira presidente do Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em russo). Ele recebeu 214 votos e superou na disputa o ex-nadador Alexandr Popov, que teve 56 votos a menos.

Pozdniakov, de 44 anos, foi chefe da delegação russa nos Jogos de Inverno de Pyeongchang e ocupava, desde 2016, o cargo de vice-presidente do ROC. Ele também era o chefe da Confederação Europeia de Esgrima.

O resultado da eleição foi divulgado em assembleia realizada na cidade de Moscou. Pozdniakov substituirá Alexandr Zhúkov, que ocupava o cargo desde 2010, e agora retornará ao cargo de deputado.

Popov, bicampeão olímpico nos 50m e 100m nos Jogos de Barcelona-1992 e Atlanta-1996, depois que parou de nadar profissionalmente, foi membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) entre 2000 e 2016.

O presidente russo, Vladimir Putin, enviou mensagem para a assembleia e falou sobre a importância da entidade para o país, "que seu bom funcionamento é fundamental para o futuro do esporte russo". Ainda disse que a Rússia precisa retomar suas posições no mundo esportivo e tem que reforçar o empenho na luta contra o doping.

Zhúkov, o antigo mandatário, precisou enfrentar a maior crise da história do esporte no país após a revelação do escândalo de doping. Devido às acusações, a equipe de atletismo não pôde participar dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Também, para disputar os Jogos de Inverno de Pyeongchang, os atletas competiram com uma bandeira neutra. O governo russo considerou o último episódio uma humilhação.