• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chapecoense pega o Ceará e quer esquecer derrotas para afastar o risco de crise

Esportes

Chapecoense pega o Ceará e quer esquecer derrotas para afastar o risco de crise

Aos times que lutam contra o rebaixamento, todos os confrontos diretos são importantes para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro. Com duas derrotas consecutivas, a Chapecoense voltou a sentir o cheiro de crise e agora depende de um bom resultado na Arena Condá para tentar se reabilitar na competição. Nesta quarta-feira, às 21 horas, recebe o vice-lanterna Ceará, em Chapecó (SC), pela oitava rodada.

Com seis pontos, a Chapecoense está longe de repetir as campanhas das últimas temporadas. Começou com uma derrota amarga para o Atlético Paranaense por 5 a 1, fora de casa, depois teve três empates consecutivos contra Vasco, Palmeiras e Paraná e uma vitória importante contra o Flamengo por 3 a 2.

Quando parecia que iria engrenar, o time perdeu para o Internacional, por 3 a 0, e Fluminense, por 3 a 1, ambos fora de casa. Tomar seis gols em duas partidas deixou a Chapecoense com a pior defesa da competição, com 15 gols sofridos em sete partidas, aumentando ainda mais a pressão em cima de Gilson Kleina. "Nós temos trabalhado para buscar o equilíbrio, tanto dentro de campo, entre o setor defensivo e o ataque, como em termos de resultados, para pontuar em mais rodadas seguidas", planejou o técnico.

Estar na zona de rebaixamento é uma situação desconfortável para o clube que sonhou com grandes metas para a temporada. Eliminado na Copa Libertadores e sem o título catarinense, o elenco pôde comemorar uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil ao passar pelo Atlético Mineiro. Mas essa foi a única alegria do torcedor neste semestre.

Gilson Kleina tem baixas importantes para o jogo. O lateral-esquerdo Bruno Pacheco recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Fluminense e está automaticamente suspenso. Com isso, Romário deve ganhar uma oportunidade no time titular. O zagueiro Fabrício Bruno e o atacante Vinícius seguem sem condições de jogo e não devem nem ser relacionados.