Sampaio Corrêa vence e deixa Ponte Preta perto da zona de rebaixamento da Série B

Esportes

Sampaio Corrêa vence e deixa Ponte Preta perto da zona de rebaixamento da Série B

Redação Folha Vitória

O Sampaio Corrêa engatou a segunda vitória seguida na Série B do Campeonato Brasileiro e se distanciou da zona de rebaixamento ao derrotar a Ponte Preta pelo placar de 1 a 0, em partida realizada nesta segunda-feira, no estádio Castelão, em São Luis, pelo encerramento da sétima rodada. O time maranhense jogou com um homem a menos desde os 11 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa subiu para a 11.ª posição, com 10 pontos, abrindo quatro do CRB - o time alagoano abre a zona de rebaixamento. Sem vencer há três rodadas, a Ponte Preta começa a flertar com o descenso. Atualmente tem sete pontos, na 15.ª colocação.

Os dois times fizeram um primeiro tempo mais aguerrido do que bonito tecnicamente. O time maranhense só abriu o placar por um erro na saída de bola da equipe de Campinas (SP). Aos 21 minutos, Alyson desarmou Igor e deixou com João Paulo. O meia avançou pela esquerda, ameaçou a finta e cruzou na medida para Bruninho na pequena área. Ele errou o chute, mas conseguiu tocar o suficiente para fazer 1 a 0.

Após o gol, o Sampaio Corrêa se fechou e não deu qualquer espaço para o visitante ameaçar. O time campineiro pecou no último passe. Sendo assim, quem chamou a atenção foi um torcedor da Ponte Preta, que apareceu nas arquibancadas com camisa e bandeira do time. No entanto, a equipe foi punida pelo STJD e não pode ter torcida como visitante. O fato pode causar uma punição ainda maior.

O Sampaio Corrêa voltou melhor para o segundo tempo e criou logo de cara duas oportunidades para ampliar. Bruninho avançou pela direita e soltou a bomba para uma grande defesa de Ivan. João Paulo pegou o rebote, mas mandou para fora. O goleiro da Ponte Preta brilhou de novo, na sequência, ao defender com os pés o arremate de Silva.

O time maranhense tinha o controle, mas colocou tudo a perder aos 11 minutos. Alyson deixou o cotovelo em cima de Paulinho e acabou expulso. Com um a menos, o Sampaio Corrêa se colocou mais defensivamente, tentando encaixar um contra-ataque para liquidar a fatura.

A Ponte Preta ameaçou uma reação, mas foi o Sampaio Corrêa quem teve as melhores chances de marcar. O time campineiro tentou fazer a linha de impedimento e não viu João Paulo. O meia apareceu de frente para o gol, tentou de cobertura, mas novamente parou em Ivan, que evitou uma derrota mais elástica.

Na próxima rodada, a oitava, o Sampaio Corrêa encara o líder Fortaleza neste sábado, às 16h30, na Arena Castelão, na capital cearense. No mesmo dia, às 19 horas, a Ponte Preta recebe o Oeste no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 x 0 PONTE PRETA

SAMPAIO CORRÊA - Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; William, Silva (César Sampaio) e João Paulo (Uilliam); Fernando Sobral, Bruninho e Carlão (Kaike). Técnico: Roberto Fonseca.

PONTE PRETA - Ivan; Igor Vinícius, Reginaldo (João Vitor), Renan Fonseca e Danilo Barcelos; Nathan, Paulinho (Gabriel Vasconcelos) e Tiago Real; Roberto (Felipe Saraiva), André Luis e Júnior Santos. Técnico: Doriva.

GOL - Bruninho, aos 21 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - William (Sampaio Corrêa); Danilo Barcelos, Felipe Saraiva, Renan Fonseca e Júnior Santos (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO - Alyson (Sampaio Corrêa).

ÁRBITRO - Daniel Nobre Bins (RS).

RENDA - R$ 41.895,00.

PÚBLICO - 5.830 pagantes.

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luis (MA).