São Paulo busca sequência de invencibilidade que não alcança há meia década

Esportes

São Paulo busca sequência de invencibilidade que não alcança há meia década

Redação Folha Vitória

Em boa fase, o São Paulo, único time ainda invicto no Campeonato Brasileiro após seis rodadas, joga às 19 horas deste domingo contra o América-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, em um confronto direto pela parte de cima da tabela de classificação.

A equipe do técnico uruguaio Diego Aguirre tenta chegar aos 10 jogos de invencibilidade, considerando duelos da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil, em uma sequência que não consegue alcançar desde 2013, quando empatou duas e venceu oito partidas do Brasileirão e da Sul-Americana.

Neste ano, o aproveitamento é menor. São seis empates (com Rosario Central, Atlético Paranaense, Ceará, Fluminense, Atlético Mineiro e Bahia) e três vitórias até agora (Rosario Central, Paraná e Santos). O time vem embalado pela vitória convincente no clássico contra o Santos, no domingo passado, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Em 2013, a sequência começou depois que a equipe então comandada pelo técnico Muricy Ramalho sofreu uma derrota de 3 a 0 diante do Santos, em Santos. Mas o time se reergueu e derrotou o Vitória (3 a 2), em casa, e o Cruzeiro (2 a 0), em Belo Horizonte.

Depois disso, empatou sem gols com o Corinthians e, na sequência, obteve seis vitórias seguidas: sobre Náutico (3 a 0), Bahia (1 a 0), Universidad Católica (4 a 3), Internacional (3 a 2), Atlético Nacional (3 a 2) e Portuguesa (2 a 1); depois empatou sem gols com o Atlético Nacional pelo torneio continental. A sequência teve fim com um triunfo do Atlético Paranaense por 3 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Enquanto veem o adversário deste domingo motivado para dar a volta por cima após a eliminação da Copa do Brasil diante do Palmeiras no meio de semana, os tricolores querem fazer valer a sequência sem derrotas. "Temos que aproveitar a confiança que esta nossa série invicta nos dá para brigar pelos três pontos como visitantes", analisou o volante Jucilei.