• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sasha diz que má fase do Santos incomoda mais do que jejum pessoal de gols

Esportes

Sasha diz que má fase do Santos incomoda mais do que jejum pessoal de gols

Santos ocupa a 16ª posição no Brasileirão e não pode tropeçar na quinta-feira, quando visitará o Atlético Paranaense na Arena da Baixada

Um dos destaques do Santos no início da temporada, Eduardo Sasha passa agora pelo seu momento mais complicado no clube. Sem marcar um gol desde o triunfo por 2 a 1 sobre o Palmeiras, pelas semifinais do Campeonato Paulista, em 27 de março, o atacante já alcançou os dois meses de jejum sem gols, tendo passado em branco nas últimas dez vezes em que entrou em campo. Mas mais do que a sua má fase, ele garante que a sua principal insatisfação é com a situação ruim da equipe no Campeonato Brasileiro.

"Qual jogador que não gosta de marcar gols, independentemente da posição? Me incomoda, mas por estarmos nesta situação me incomoda mais ainda. Sou um jogador muito solidário, independentemente de onde estiver. O mais importante é a vitória. O que eu estou mais focado é em buscarmos a vitória o quanto antes", disse, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, nesta quarta-feira.

Com um jogo a menos do que os principais concorrentes, o Santos ocupa a 16ª posição no Brasileirão e não pode tropeçar na quinta-feira, quando visitará o Atlético Paranaense na Arena da Baixada, sob risco de terminar a oitava rodada na zona de rebaixamento.

E Sasha é uma das esperanças do time, mas para isso terá que encerrar o seu jejum. A falta de gols coincide com a sua mudança de posicionamento na equipe, pois ele vem atuando mais centralizado, permitindo que Gabriel e Rodrygo se movimentem mais. O atacante, porém, assegurou que não vê relação entre o jejum pessoal e a decisão do técnico Jair Ventura de mudar seu posicionamento em campo.

"É um posicionamento um pouco diferente do que eu vinha atuando, mas nada anormal. O Jair nos passa tranquilidade para nós três (Sasha, Gabriel e Rodrygo) realizarmos a movimentação, nos dá bastante confiança. É dar sequência a essa nova posição e buscar a vitória logo para trazer confiança ao time", afirmou Sasha, que acumula seis gols marcados em 26 jogos pelo Santos.