Valentim reclama de pênalti marcado contra o Botafogo no Morumbi: 'Erro pesado'

Esportes

Valentim reclama de pênalti marcado contra o Botafogo no Morumbi: 'Erro pesado'

Redação Folha Vitória

O técnico Alberto Valentim criticou a decisão do árbitro Wilton Pereira Sampaio de apitar um pênalti para o São Paulo na partida desta quarta-feira à noite, na qual o Botafogo foi derrotado por 3 a 2, no Morumbi, em São Paulo. O time carioca vencia por 1 a 0, quando, aos 17 minutos do primeiro tempo, a infração foi marcada após disputa na área entre Igor Rabello e Everton.

"Quero que vejam o lance para ver se estou falando bobagem. O árbitro da linha de fundo estava próximo à jogada. Se não dava para ter ajudado o árbitro a dar o pênalti. Hoje, infelizmente, é 100% para ver se foi pênalti ou não. Não precisa de comentarista de arbitragem para ver isso. Uma pena. Tem de torcer para a arbitragem não ter um erro tão pesado como esse", queixou-se o treinador na coletiva de imprensa dada depois da partida.

De acordo com Valentim, o Botafogo já havia sido prejudicado no confronto anterior do Brasileirão. "Fica um gosto amargo, muito amargo. Se pegarem os últimos lances contra o Vitória, houve um pênalti no Kieza", lembrou o técnico, em referência ao jogo realizado no Engenhão, no Rio, no último domingo.

Com o resultado negativo no Morumbi, o Botafogo estacionou nos nove pontos na competição nacional e ocupa a 13ª posição da tabela. O próximo compromisso da equipe será no sábado, às 19 horas, em São Januário, no clássico contra o Vasco.

JOÃO PEDRO GANHA ALTA - O Botafogo utilizou a sua página no Twitter para informar que o meia João Pedro passa bem após sair de campo desmaiado na quarta-feira. O jogador caiu de mau jeito depois de dividida com o zagueiro Anderson Martins e foi levado de ambulância para realizar exames no hospital São Luiz.

"O João Pedro está bem neurologicamente, sem alterações na ressonância e tomografia, apenas com um discreto desconforto cervical. Está de alta, sugiro repouso total de 72 horas para depois iniciar o retorno, disse o Dr. Christiano Cinelli, coordenador médico do Botafogo", escreveu o clube via rede social.