Australiano vira titular, mas lamenta lesão de colega

Esportes

Australiano vira titular, mas lamenta lesão de colega

Vitória - Ryan McGowan realizou o sonho de atuar na Copa do Mundo na última sexta-feira, ao entrar no segundo tempo da derrota da Austrália por 3 a 1 para o Chile, em Cuiabá, e ganhou a vaga de titular, mas não teve motivos apenas para celebrar. Tanto sua entrada na estreia quanto a conquista da posição foram consequências da lesão de seu companheiro Pranjic, que sofreu um problema na perna esquerda e precisou ser cortado do torneio.

"Obviamente é uma circunstância ruim para mim entrar com a lesão do Franjic. Todo mundo ficou devastado com a contusão dele, mas o técnico (Ange Postecoglou) disse antes do jogo que queria todos, os 23 do elenco, prontos, então fiz um bom aquecimento no intervalo e me preparei mentalmente. Quando apareceu a chance, agarrei", disse em entrevista publicada nesta segunda no site da Fifa.

Apesar do resultado negativo, o desempenho no primeiro jogo agradou os jogadores australianos e o treinador. "Ele (Postecoglou) apenas disse que estava orgulhoso de como jogamos e que realmente nos mantivemos em nosso estilo e não jogamos a toalha. Isso mostrou muita coragem, continuamos jogando como queríamos e realmente deixamos eles com o pé atrás no segundo tempo", comentou McGowan.

O bom desempenho deixou todos mais empolgados para a segunda partida do torneio, diante da Holanda, quarta-feira, no Beira-Rio. "Provou que devemos realmente acreditar. Acho que ir lá e jogar no mais alto nível que podemos nos deu muito mais confiança de que podemos conseguir. Queremos ter certeza de que vamos colocá-los sob pressão e que seguiremos nossos princípios, esperando conseguir um bom resultado. Ninguém deu à Austrália muita chance nesse grupo", apontou o jogador.