• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasileiros têm dia difícil no vôlei de praia em Moscou

Esportes

Brasileiros têm dia difícil no vôlei de praia em Moscou

Moscou - O primeiro dia da chave masculina do Grand Slam de vôlei de praia em Moscou, na Rússia, não foi dos melhores para os brasileiros. Nesta quinta-feira, duas duplas do País até foram bem e estrearam com vitórias, mas as outras duas acabaram derrotadas e complicaram suas situações na busca por uma vaga na próxima fase.

A melhor estreia ficou por conta de Alison e Bruno Schmidt, que começaram a campanha no Grupo D com uma vitória imponente no Grupo D sobre os alemães Bockermann e Urbatzka, por 2 sets a 0, com parciais de 22/20 e 21/19. Evandro e Vitor Felipe tiveram mais dificuldade, mas também passaram por uma dupla da Alemanha ao baterem Walkenhorst e Stefan Windscheif por 2 sets a 1, com parciais de 22/20, 12/21 e 15/13.

Mas os bons resultados brasileiros pararam por aí. No Grupo H, Pedro Solberg e Emanuel perderam de virada para os letões Martins Plavins e Aleksandrs Solovejs. Eles até venceram o primeiro set por 21 a 17, mas levaram a virada: 21/16 e 15/11. Situação semelhante à de Ricardo e Álvaro Filho, que caíram diante dos poloneses Grzegorz Fijalek e Mariusz Prudel por 2 sets a 1, com parciais de 18/21 21/13 e 15/11.

As derrotas complicaram a situação de Pedro Solberg/Emanuel e Ricardo/Álvaro Filho, que precisarão vencer as duas partidas que disputarão nesta sexta para avançarem à próxima fase. Por outro lado, Alison/Bruno Schmidt e Evandro/Vitor Felipe têm situação mais confortável e são favoritos a ficar com a vaga em seus grupos.