• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"Foi a partida dos meus sonhos", comemora Luis Suárez

Esportes

"Foi a partida dos meus sonhos", comemora Luis Suárez

São Paulo - Luis Suárez protagonizou nesta quinta-feira uma daquelas famosas histórias de superação que ficam registradas na memória das Copas. Depois de quase ser cortado do Mundial, por causa de uma cirurgia no joelho, ele obteve recuperação recorde, viu a seleção uruguaia naufragar na estreia e deixou o banco de reservas para ser o grande astro da decisiva vitória sobre a Inglaterra por 2 a 1.

"Foi a partida dos meus sonhos", celebrou o atacante, nesta quinta-feira, no estádio Itaquerão, em São Paulo. "Muitas vezes eu imaginava como poderia ser neste Mundial. Depois de tudo o que vivi, de tudo o que passei, estou muito feliz e realizado por poder dar essa felicidade ao meu país".

A comemoração emocionada de Suárez depois dos dois gols que marcou era justificada. Quando ele era cotado como o grande protagonista de sua seleção, anunciou uma artroscopia no joelho, realizada no dia 22 de maio, há menos de um mês do início da Copa. Desde então, lutou para recuperar seu físico e para neutralizar a desconfiança dos torcedores e da imprensa.

"Agradeço a todo o povo uruguaio que sempre acreditou em mim. Agradeço especialmente a minha esposa e aos meus dois filhos por me ajudarem nessa recuperação. A todos do corpo técnico, médicos, fisioterapeutas. Mas não ganharia nada sem a ajuda de meus companheiros. Superamos muitas críticas e conseguimos vencer", declarou o atacante.

A prova de sua recuperação total veio nesta quinta, justamente em um momento delicado para os uruguaios. Diante da Inglaterra, precisava da vitória para evitar uma eliminação precoce logo na primeira fase da Copa. "Foi um momento difícil: disputar uma partida importante, contra um adversário de muita qualidade, depois de tanto tempo sem jogar", destacou o destaque do Liverpool, que se surpreendeu com o desempenho dos uruguaios nesta quinta. "É difícil começar ganhando de um adversário tão duro como a Inglaterra".

Embalado, Suárez será mais uma vez peça importante no time uruguaio para o último desafio do time no Grupo D. A equipe sul-americana precisará vencer a tetracampeã Itália, na próxima terça, para assegurar a sua classificação às oitavas de final, sem depender de outros resultados.